Como emagrecer sem perder peso

A maior parte das pessoas pensa que para emagrecer é necessário obrigatoriamente perder peso. Você deve estar pensando: “Mas, então é possível emagrecer sem perder peso…?”.

‘Emagrecer’ e ‘perder peso’ não significam o mesmo.

emag

Emagrecer significa diminuir o volume de gordura corporal. Esta redução pode ser verificada por meio de equipamentos como o adipômetro e técnicas especiais, ou até com uma simples fita métrica.

Perder peso é a redução da massa corporal total (gordura + massa muscular + massa óssea + água, etc.), verificada por meio da balança.

A questão é que poucas pessoas sabem que emagrecer nem sempre está acompanhado ou relacionado com a perda de peso total.

É possível emagrecer sem perder peso, diminuindo somente as medidas?

Sim. Podemos emagrecer sem perder peso, ou até mesmo aumentá-lo, durante os treinos, principalmente por meio da musculação, pois esta propicia ganhos de massa muscular.

Na maioria destes casos, podemos observar a perda de gordura corporal e pouca ou nenhuma perda de peso corporal total, pois a massa magra (músculos e ossos) é aumentada. Por esse motivo, é comum algumas pessoas se sentirem magras, com medidas menores e estarem com o mesmo peso total.

Existe um novo conceito de emagrecimento saudável baseado justamente nisto: reduzir a gordura ao mesmo tempo em que se aumenta a massa magra.

É comum vermos pessoas com o IMC dentro dos padrões normais, ou inclusive abaixo do peso, mas com percentuais de gordura extremamente elevados, a tal ponto de serem consideradas pessoas obesas. Isto acontece muito com pessoas sedentárias.

Por outro lado, o oposto também é verdadeiro: pessoas com o IMC acima do normal e com baixos níveis de gordura, mas com elevada massa muscular, ou seja, pessoas magras, apesar de estarem “acima do peso”.

Levar em consideração apenas o desejo pessoal em atingir determinado peso corporal, assim como, seguir tabelas ultrapassadas é um grande equívoco.

É comum encontrarmos pessoas normais e até atletas sadios, com percentuais de gordura mais elevados, assim como, pessoas magras com problemas sérios de saúde. A aparência ou a forma física, não são elementos confiáveis para julgar padrões de saúde.

Nunca esqueça de que o importante é levar um estilo de vida mais ativo e constante durante toda a vida. Encontrar um estilo de vida objetivando melhorias permanentes na qualidade de vida é o ponto crucial da chave da felicidade.

Pratique atividade física! E lembre-se, procure sempre orientações de um profissional da área.

 

Lívia Pessanha

CREF: 039010-G/RJ

Graduada em Educação Física

Pós-Graduando em Musculação e Personal Trainer

Mais do SFn