sábado , 10 dezembro 2016
conselho tutelar foto vinnicius cremonez

Conselho esclarece caso envolvendo alunos do Geraque Collet

conselho tutelar sf 2
Fotos: Vinnicius Cremonez

Na terça-feira o SF Notícias publicou uma matéria falando sobre uma possível briga entre alunos do Colégio Estadual Geraque Collet e outros jovens e adolescentes de Pureza, 3º distrito de São Fidélis. A reportagem repercutiu, e a direção da unidade foi procurada por pais de alunos.

Ontem, agentes do Conselho Tutelar estiveram no colégio para apurar outras informações sobre a confusão, que teria iniciado na última segunda-feira. Segundo o Conselho Tutelar, durante uma conversa com a diretora da unidade, ela informou que havia ligado para o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) de Pureza, para que fosse feito um patrulhamento em frente a escola por volta das 17h de terça, pois estava juntando um grupo de pessoas para uma suposta briga com dois de seus alunos.

Ainda de acordo com o Conselho, a ligação foi só para a PM passar no horário da saída das crianças, para dispersarem o grupo que estava sendo formado perto da escola. No DPO a diretora teria sido atendida por uma mulher que disse que os os polícias não estavam. Então ela chamou os pais dos alunos que estariam envolvidos, para que fossem buscar seus filhos.

conselho tutelar sf 1O fato ganhou repercussão e chegou até a Secretaria de Estado de Segurança Pública, no Rio de Janeiro, onde foi usado o termo “gangue”, que acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar de São Fidélis. Na terça-feira, cerca de quatro adolescentes e dois jovens, foram encaminhados para a delegacia.

A diretora relatou aos conselheiros que não partiu dela a denúncia na SESEG, nem o termo “gangue”. O caso foi esclarecido entre a direção do colégio e o Conselho Tutelar.  A diretora que entrou por diversas vezes em contato com a nossa redação após a publicação da matéria, informou que não podeira se pronunciar oficialmente sobre o caso, sem a autorização da Secretaria Regional de Educação.

SFn