segunda-feira , 16 setembro 2019

Corpo de Bombeiros do Rio realiza II Desafio Estadual de Salvamento Veicular Mais de 100 militares da corporação disputam a chance de participar de Mundial de Resgate em Miami, em 2020

Mais de 100 militares da corporação disputam a chance de participar de Mundial de Resgate em Miami, em 2020

Pela primeira vez, uma equipe composta apenas por mulheres vai disputar a seletiva do Rio de Janeiro

Mais de 100 militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) participam, hoje e amanhã (28 e 29.08), do Desafio Estadual de Salvamento Veicular. A competição, que acontece no Complexo de Ensino e Instrução Coronel Sarmento (CEICS), em Guadalupe, vai classificar duas equipes da corporação para a etapa nacional, que será realizada em dezembro, no Distrito Federal. Os melhores do Brasil vão disputar o Desafio Mundial de Resgate, em Miami, em 2020. “O evento tem como objetivo disseminar técnicas de salvamento de vítimas encarceradas em veículos. Os exercícios contribuem para que os militares desenvolvam o pensamento rápido, a agilidade e o trabalho em equipe, melhorando a dinâmica dos atendimentos no dia-a-dia”, afirmou o tenente-coronel Marcelo Monnier, comandante do quartel de Irajá e um dos coordenadores do evento. Só no ano de 2018, o Corpo de Bombeiros atendeu uma média de 58 mil ocorrências envolvendo acidentes de trânsito no Estado do Rio de Janeiro. “Os treinamentos são árduos e aprimoram a força, a resistência, o preparo físico, técnico e psicológico dos militares”, completou o oficial.

Pela primeira vez, uma equipe composta apenas por mulheres vai disputar a seletiva do Rio de Janeiro. O time feminino vai enfrentar outros 15 conjuntos formados por bombeiros da corporação. “Tenho a honra de comandar esse grupo que é pioneiro no Estado. É um desafio e uma grande responsabilidade. Treinamos duro. Sabemos que nossa participação servirá de exemplo para outras militares e, também, para jovens que sonham em seguir a profissão. Confio em nossas habilidades técnico-profissionais”, disse a capitão Rafaela Conti. As bombeiras comandadas pela oficial ficaram em terceiro lugar na primeira etapa da competição, que exigiu conhecimentos teóricos. As provas práticas serão realizadas nesta quarta e quinta-feiras, de 8h às 17h. Cada equipe é composta por sete (7) militares.


Mais do SFn