sexta-feira , 9 dezembro 2016
corpo mulher 6

Corpo de jovem esfaqueada por bombeiro é encontrado

corpo mulher 2
Fotos: Vinnicus Cremonez

Uma tragédia chocou o município de São Fidélis no final da noite desta terça-feira (14), quando duas jovens foram esfaqueadas por um Bombeiro Militar. Segundo informações da PM, tudo começou com uma briga envolvendo os três, ainda em São Fidélis.

Kissila Rosa, de 19 anos, foi encontrada ontem por populares, caída atrás de um campo no bairro Julião Nogueira, próximo ao Shopping Boulevard, em Campos dos Goytacazes. A jovem foi socorrida em estado grave pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Ferreira Machado, onde segue hospitalizada, em situação estável.  Kissila contou que um homem chamado Fernando Penna havia esfaqueado e jogado-a  no local onde foi achada. A jovem relatou ainda que sua amiga, identificada como Érika da Conceição, de 29 anos, também havia sido esfaqueada e foi mantida dentro do carro pelo suspeito.

foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo Pessoal.

Homens do Grupamento de Ações Táticas da 4º Companhia realizaram buscas em diversos pontos da cidade, inclusive na RJ 158, entre São Fidélis e Campos, mas nenhum dos dois foi encontrado durante a madrugada. As buscas pela rodovia prosseguiram na manhã de hoje, quando o corpo de Érika foi localizado dentro de uma vala, às margens da rodovia, na Fazenda da Pedra. O corpo da vítima estava marcado por facadas e agressões, principalmente na parte do rosto. O pulso dela também estava cortado.

No local, foram encontradas ainda algumas marcas de sangue pelo mato e em uma cerca de arame farpado. Rastros de sangue também ficaram pela rodovia, fazendo um trajeto que terminou onde Érika foi encontrada morta. Perto do corpo, os policiais recolheram uma pedra, que estava suja de sangue e repartida em vários pedaços. Os peritos acreditam que a pedra teria sido usada para, junto da faca, fazer cortes nas vítimas.

Fernando Penna
Fernando Penna

Em uma coletiva de imprensa, o delegado titular da 141ª Delegacia Policial, de São Fidélis, Rodrigo Maia, disse que já tem a informação do motivo do crime, mas preferiu não divulgar para não atrapalhar no restante das investigações. O principal suspeito, Fernando Penna é Bombeiro Militar, lotado no Destacamento 2/21 do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio de Pádua, e morador do bairro da Penha, em São Fidélis. Até o momento, ele encontra-se foragido. Viaturas da Polícia Militar e da Polícia Civil seguem fazendo buscas na região do crime e nos arredores.

Atualização:

Bombeiro acusado de matar enfermeira Érika é preso em Campos

 

 

 

SFn