Correios deve anunciar plano de demissão voluntária para reverter prejuízos Informação foi dada pelo Presidente da empresa nesta sexta (16)

Informação foi dada pelo Presidente da empresa nesta sexta (16)

Fotos: Arquivo

O presidente da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Guilherme Campos, afirmou nesta sexta-feira (16) que a empresa deverá anunciar na próxima semana um plano de demissão voluntária para amenizar prejuízos registrados no último ano.

Segundo o presidente, o plano está na fase final de autorização, já tendo sido feito todo trabalho e todas as autorizações necessárias no ministério das Comunicações.

Ainda segundo Campos, o plano tem como foco os servidores que já têm idade para se aposentar ou já são aposentados pelo INSS. Os valores serão pagos ao longo de oito anos. A expectativa é de que, entre os mais de 13 mil funcionários elegíveis pelas regras do plano, haja uma adesão entre 6 mil e 8 mil, nos 5 meses de vigência da adesão.

A gerência informou que os Correios tiveram prejuízo de R$ 2,1 bilhões em 2015 e que, em 2016, a expectativa é de que esse prejuízo fique novamente na casa dos R$ 2 bilhões.


Mais do SFn