CPI vai investigar irregularidades na medição do consumo de água pelos hidrômetros das concessionárias no RJ Alerj recebe denúncias de irregularidades na cobrança das contas, troca de hidrômetros fora do prazo, contas com valores muito acima da série histórica do consumidor, problemas de abastecimento

Alerj recebe denúncias de irregularidades na cobrança das contas, troca de hidrômetros fora do prazo, contas com valores muito acima da série histórica do consumidor, problemas de abastecimento

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) instalou, nesta quinta-feira (09/05), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar as irregularidades na medição do consumo de água pelos hidrômetros das concessionárias e propor soluções. A comissão será presidida pelo deputado Jorge Felippe Neto (PSD) e terá como vice-presidente o deputado Gustavo Schmidt (PSL), além do deputado Filipe Soares (DEM) como relator. Todos foram eleitos por unanimidade durante a reunião de instalação.

“Essa é mais uma CPI para lidar com as concessionárias de serviços públicos do Rio de Janeiro, já que os consumidores reclamam há anos sobre essas empresas. A gente vem recebendo uma série de denúncias de irregularidades na cobrança das contas, troca de hidrômetros fora do prazo, contas com valores muito acima da série histórica do consumidor, problemas de abastecimento. Tudo isso será objeto da comissão, entre outras questões”, afirmou Jorge Felippe Neto.

Ainda compõem a CPI os deputados Gil Vianna (PSL), Val Ceasa (Patri), Giovanni Ratinho (PTC) e Thiago Pampolha (PDT), como integrantes efetivos, e os parlamentares Carlo Caiado (DEM) e Márcio Gualberto (PSL), como suplentes.

Mais do SFn