quinta-feira , 5 dezembro 2019

Crateras colocam ciclistas em risco, prejudicam o trânsito e geram prejuízos em São Fidélis Prefeitura disse que CEDAE tinha o compromisso de reparar os buracos, mas como a estatal não fez o reparo, a Prefeitura está buscando material para fazer o serviço

Prefeitura disse que CEDAE tinha o compromisso de reparar os buracos, mas como a estatal não fez o reparo, a Prefeitura está buscando material para fazer o serviço

Um buraco aqui, outro ali e outro lá; tem buraco pra todo lado em São Fidélis, mas dois em especial têm chamado a atenção dos motoristas. Na verdade, são duas crateras existentes ao longo da Rua Duque de Caxias, trecho urbano da RJ-158, ou seja, uma importante via da cidade, que é também a única ligação entre o Centro, a Vila dos Coroados e outras localidades rurais. Um deles, próximo da bomba de areia, começou a surgir lá em agosto. O buraco foi crescendo e acabou atingindo a tubulação que passa pelo trecho, provocando um vazamento de água. Após uma matéria publicada aqui no SF Notícias, a Companhia Estadual de Água e Esgoto (CEDAE) enviou uma equipe ao local e fez um reparo na tubulação. Após o reparo, a estatal colocou terra com detritos para tapar o buraco, só que uma pedra acabou sendo arremessada na porta de vidro de uma residência.

Segundo a confeiteira Tamires Machado, quando um caminhão passou pelo local acabou arremessando, na direção de sua casa, uma pedra que estava na terra usada para tapar o buraco. “Pedras estão sendo arremessadas pelos carros. Acabou de bater no vidro da minha casa. Estourou o vidro. Eu estava no quarto e foi um susto terrível”, disse a moradora ao SF Notícias em agosto. Já há aproximadamente duas semana a CEDAE voltou a abrir um buraco na via, um pouco mais na frente, para fazer manutenção em um novo vazamento. Vale lembrar que esse segundo buraco já tinha sido aberto pela companhia e tapado com camada asfáltica pela prefeitura esse ano, mas o problema voltou a surgir.

Acontece que passa dia e mais dia e nada é feito. Não são só os motoristas que reclamam das crateras. Ciclistas também estão preocupados, já que os buracos diminuíram ainda mais o espaço da rua, que já é estreito. Para fugir dos buracos, muitos motoristas acabam invadindo a contramão, e os ciclistas, vão para o meio da via. Em nota enviada ao SF Notícias, a Prefeitura de São Fidélis disse que “a CEDAE , que causou esses buracos, tinha o compromisso de reparar os buracos, mas como isso não foi feito, a Prefeitura está buscando material para que possa fazer esse serviço na próxima semana“.

Mais do SFn