segunda-feira , 18 dezembro 2017

Cresce o número de queimadas em vegetações

corpo de bombeiros sf 2
Fotos: Jainne Oliveira / Edson Ferreira

Embora não estejamos na época de estiagem, que começa em agosto, o número de queimadas em vegetação vem crescendo significativamente. O aumento é visível no quadro de registros de ocorrências do Destacamento 2/5 do Corpo de Bombeiros de São Fidélis.

Segundo os militares, os incêndios que acontecem fora da época de estiagem, na maioria são ocasionados por moradores que tentam dar fim a vegetação ou querem limpar o terreno de uma maneira mais rápida.

A falta de chuva nos últimos dias tem colaborado com a propagação dos incêndios em vegetações, mas a irresponsabilidade de produtores rurais que ateiam fogo em pastagens ou lavouras para, posteriormente iniciarem um novo cultivo, contribui em muito para o aumento das queimadas.

fogo 1

Qualquer fagulha jogada em terrenos secos, pode causar um incêndio de grandes proporções. Um simples cigarro aceso jogado pela janela de um automóvel, na beira de uma estrada, também pode provocar um incêndio.

fogo 3Outro aspecto muito importante que diz respeito às queimadas é que os gases emanados atuam no efeito estufa, assunto que tanto preocupa toda a comunidade internacional.

Somente na tarde desta quarta-feira, foram registrados duas queimadas em vegetações ao longo do trecho entre Campos e São Fidélis da RJ 158, onde as queimadas vem aumentando. Em alguns casos, a rodovia estadual chegou até ficar fechada por um longo tempo.

A fumaça provocada por estes incêndios, acabam atrapalhando a visibilidade dos motoristas que trafegavam pelas rodovias. Para que os homens do Corpo de Bombeiros possam controlar e apagar as chamas, as rodovias precisam ser fechadas ou interditadas parcialmente, o que acaba provocando transtornos para os motoristas.

fogo 4


Mais do SFn