PORTO DO AÇU 6

Criação de ZPE no Porto do Açu é tema de reuniões em Brasília

sdddgfhdhd
Fotos: divulgação / Vinnicius Cremonez

A criação de uma ZPE (Zona de Processamento de Exportação) no Distrito Industrial de São João, anexo ao Porto do Açu, foi tema de diversos encontros ontem em Brasília. Pela manhã, o assunto foi debatido na sessão da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados.

Solicitada pelo deputado federal Julio Lopes, a reunião abordou os diferenciais que fazem do Porto do Açu um excelente local para a criação de uma ZPE. A zona será a segunda do estado do Rio de Janeiro, e a primeira da região norte fluminense.

“O Porto do Açu tem todas as condições para sediar uma ZPE. Nosso porto está operacional, localizado próximo aos maiores mercados consumidores e possui acesso logístico. A infraestrutura do porto está pronta, e agora vamos desenvolver o distrito industrial. E a ZPE é o elemento para alavancar isso”, afirmou José Magela Bernardes, presidente da Prumo.

Para a Secretária-Executiva do Conselho Nacional das ZPE’s, Thaise Dutra, essas áreas trazem incremento na pauta exportadora brasileira. Ela também destacou que atraem investimentos, criam empregos e geram difusão tecnológica. Ela também informou que atualmente no País existem 25 ZPE’s e que, dessas, 19 estão em fase de implementação com infraestrutura construída. PORTO DO AÇU 38As ZPE’s são áreas de livre comércio, destinadas à instalação de empresas, com 80% de sua produção voltada para a exportação.

O deputado Washington Reis, presidente da Comissão, também destacou as características do empreendimento e sua capacidade para desenvolver a região. “A criação da ZPE irá possibilitar não somente o crescimento do porto, mas de toda a região norte fluminense”, disse.

O prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, afirmou que o município tem investido em qualificação de trabalhadores e que o distrito industrial e o porto continuarão necessitando de mão-de- obra local.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro, Marcos Capute, e a presidente da Codin (Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Rio de Janeiro), Conceição Ribeiro, também participaram da audiência e apoiaram a instituição de ZPE no Estado do Rio de Janeiro, enfatizando que o Distrito Industrial de São João da Barra associado ao Porto do Açu, fazem daquela região um excelente local para a instalação deste incentivo, que irá ser o catalisador do desenvolvimento do Norte Fluminense.

À tarde, a criação da ZPE foi discutida em uma audiência com o Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira. No encontro, o deputado Júlio Lopes, ressaltou que o Porto do Açu é o maior investimento em infraestrutura portuária da América. “Hoje os acessos ao porto são bons, a gestão é competente e há vários aspectos que permitem que isso possa avançar”, afirmou.

Marcos Capute garantiu que o processo de instalação da ZPE será acompanhado pelo governo estadual. “Temos todo interesse na criação da ZPE no Porto do Açu. Por meio da Codin já desenvolvemos um Distrito Industrial em área contigua ao porto. E a ZPE é essencial para o seu desenvolvimento”.

O ministro Marcos Pereira se comprometeu a acompanhar o desenvolvimento de todas as fases da criação da ZPE. “Queremos contribuir para o desenvolvimento da região norte fluminense e de todo o estado do Rio de Janeiro”, disse. A previsão é que a ZPE esteja constituída em 18 meses.

O Porto do Açu também foi apresentado na Confederação Nacional das Indústrias (CNI), durante evento que contou com a participação de diversos estados. Os participantes do evento puderam conhecer detalhes do empreendimento, que é uma nova alternativa para o escoamento da produção do País.

PORTO DO AÇU 30

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *