sexta-feira , 14 dezembro 2018

Cuidados para não tornar a salada uma vilã do emagrecimento

comer-o-dia-todo-3Veja quais alimentos devem ser evitados

Que salada é uma importante fonte de vitaminas, minerais e fibras, você já deve estar cansado de escutar. Mas, você sabia que essa preparação pode se tornar uma verdadeira bomba calórica, dependendo da combinação de ingredientes?

Pois é, se você não se atentar aos complementos, a salada pode passar de mocinha à vilã da dieta! Veja 6 dicas para montar uma salada nutritiva e com baixo valor calórico:

 O que não pode faltar no prato: a salada deve ser composta por vegetais crus e/ou cozidos, então, capriche nas folhas e legumes. Caso a salada seja a única refeição, você também deve incluir uma fonte de carboidrato, como milho, batata, trigo cozido ou macarrão integral. Também deve conter uma fonte de proteína, nutriente essencial para a construção muscular e formação de tecidos, boas opções são: tirinhas de frango ou carne bovina grelhada, peixes como atum e salmão, ovos cozidos ou queijos magros.

– Quanto mais cor, melhor! Cada alimento é fonte de um determinado nutriente, portanto, quanto mais colorido estiver seu prato, maior será a variedade de nutrientes que você irá consumir. Então, escolha verduras e legumes diferentes;

– Tempero: seja cuidadoso na escolha do molho, pergunte ao atendente sobre os ingredientes que compõem o molho desejado, para evitar excessos de calorias. Evite os molhos que tenham como base óleos, maionese, queijos. Como tempero, invista no tradicional limão, vinagre, vinagrete e azeite. Lembrando que esse último também deve ser utilizado com moderação, pois apesar de ser fonte de gorduras benéficas ao nosso coração, é bastante calórico.

– Cuidado com o queijo: opções como parmesão, prato, cheddar, gorgonzola, devem ser evitados, pois são ricos em gorduras e mulher-comendo-salada-mulher-saudavel-1386882374364_956x500colesterol. Prefira queijo minas frescal, ricota ou cottage.

– Fique de olho nos acompanhamentos: a batata palha, o bacon pode até dar um sabor especial em sua salada, mas são muito calórico, por isso, a melhor opção é dispensá-lo.

– Moderação nas conservas: alcaparras, azeitonas, ervilhas enlatadas ou cebola em conserva, podem até ter baixo valor calórico, porém, apresentam quantidades significativas de sódio, mineral que em excesso é responsável por aumento na pressão arterial e retenção de líquidos. Por isso, nada de abusar!

Com as escolhas certas, você conseguirá montar um belo prato de saladas, que além de ajudar em seu emagrecimento, irá colaborar para sua saúde!

 


Mais do SFn