sexta-feira , 2 dezembro 2016
1

Da Chatuba para a Cidade do Galo: fidelense se destaca no Atlético/MG

No Brasil, o país do futebol, o primeiro amor de quase todo menino é a bola, e o primeiro sonho, o de se tornar jogador profissional. Foi assim com o fidelense Ralph Machado Dias, que começou a dar seus primeiros passos na comunidade da Chatuba, em São Fidélis, e atualmente brilha no Atlético/MG, com passagem pela Seleção Brasileira sub-17.

– Tudo começou na quadra do meu bairro, a “Chatuba”, como uma simples brincadeira. Com 10 ou 11 anos de idade, passei para a escolinha de campo de São Fidélis. Daí comecei a participar de alguns campeonatos e peneiras, sempre me destacando e chamando atenção. Em uma das peneiras, meu atual empresário, Alexander Sales (Samu), estava como observador técnico, gostou do meu desempenho e começou a me observar semanalmente. Após um mês, ele me propôs ir morar em Itaperuna para que eu pudesse fazer um treinamento mais específico – conta Ralph, que desde então passou a levar o sonho do futebol como coisa séria e teve que se acostumar a ficar longe da família para lutar pelo sonho.

Em Itaperuna, o fidelense morou por três anos na casa de Alexsander, dividindo o dia para estudar e treinar. Nos primeiros testes realizados em alguns clubes, as portas foram fechadas para Ralph. Até que veio o Atlético/MG, onde o garoto treinou durante um mês e foi aprovado, na época com 14 anos. Atualmente com 18, o volante é tido como uma das principais promessas do Galo e teve o contrato renovado até 2020. Seu grande momento na base do clube mineiro aconteceu em 2014, quando foi titular da equipe juvenil na conquista da Copa do Brasil Sub-17, mesmo sendo de 1998 e jogando com a geração de 1997. No mesmo ano, o jogador foi convocado para defender a Seleção Brasileira na 3ª Copa México de Nações, na Cidade do México.

Foto: Reprodução.
Foto: Reprodução.

Além da Copa do Brasil sub-17, Ralph também foi campeão do Campeonato Mineiro e do Torneio Future Champions (África do Sul) da mesma categoria, além do Torneio de Ennepetal sub-20 (na Alemanha). Em 2016, as boas atuações na base creditaram Ralph a ser três vezes relacionado pelo técnico Marcelo de Oliveira, ficando no banco do profissional nos jogos contra Atlético/PR, Grêmio e Vitória, todos pelo Campeonato Brasileiro.

– Só tenho que agradecer a Deus por tudo que ele vem fazendo na minha vida. Peço a ele que me dê muito mais sabedoria e inteligência para eu conquistar muito mais. Agradeço à minha família por sempre estar me dando força para seguir em frente, e a todos os envolvidos, inclusive o povo fidelense, por sempre estar na torcida – finalizou Ralph.

Foto: Reprodução.

2

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *