terça-feira , 14 agosto 2018
Foto: Nestor Lopes

De Madalena para o Brasil: Morte de Dercy Gonçalves completa dez anos Comediante conquistou o país com sua personalidade forte e seu humor desbocado

Comediante conquistou o país com sua personalidade forte e seu humor desbocado

Foto: Vinnícius Cremonez

Um dia marcado por muita saudade. Há 10 anos, em 19 de julho de 2008, o Brasil se despedia da inesquecível Dolores Gonçalves Costa, Dercy Gonçalves. A atriz, que foi abandonada pela mãe aos sete anos e criada pelo pai alcoólatra, deixou a cidade natal, Santa Maria Madalena, aos 17 anos para dar os primeiros passos rumo ao sucesso.

Dercy foi atrás de uma companhia de teatro e começou a carreira cantando. Se dedicou à  televisão e ao cinema, onde participou de mais de 30 filmes. Foi reconhecida pelo Guinness Book como a atriz com maior tempo de carreira na história mundial (86 anos).

Nos programas humorísticos e de auditório, dava sua opinião sobre o que queria, sem papas na língua. Dercy Gonçalves morreu aos 101 anos no Hospital São Lucas, em Copacabana, devido à complicações de uma pneumonia.

Ela foi enterrada em um mausoléu, todo de vidro, que é aberto à visitação em Santa Maria Madalena. Cerca de cinco mil pessoas acompanharam sepultamento. A antiga casa na cidade foi transformada em museu, no qual diversas peças, objetos, acessórios e documentos da atriz ficam expostos. Na Praça Coronel Braz, no Centro, há um busto da comediante de quatro metros.


Mais do SFn