sexta-feira , 9 dezembro 2016
debate

Debate mostra panorama das propostas de candidatos a prefeito em São Fidélis

debate1
Fotos: SF Notícias.

Na tarde desta terça-feira (27.09), a Faculdade São Fidélis promoveu o primeiro debate eleitoral com os candidatos ao cargo de prefeito em São Fidélis. O debate foi realizado no auditório da instituição de ensino, na Vila dos Coroados, com boa presença do público, e teve pouco mais de duas horas de duração, dividido em quatro blocos com curtos intervalos entre eles. O único candidato que não esteve presente foi Amarildo do Hospital (PR), que não justificou o motivo da ausência.

Na primeira parte do debate, Elson Lages (PP) abriu as apresentações, por ordem de sorteio. Em seguida falaram Ricardo Barcelos (PT do B), Henrique de Mutango (PSB) e Nelson Ferreira (PEN), todos citando sobre detalhes sobre as carreiras profissional e política.

No segundo quadro, o mediador Fernando Novais, professor da FSF, realizou perguntas para os candidatos, com ordem novamente sorteada. Nelson Ferreira (PEN) começou respondendo sobre saúde. Ricardo Barcelos (PT do B) falou sobre as propostas para o desenvolvimento ambiental. Elson Lages (PP) tratou de edcação, enquanto Henrique de Mutango (PSB) respondeu sobre o trânsito fidelense.

A terceira parte do debate foi destinada para os candidatos perguntarem uns aos outros, sem direito a repetição do candidato questionado. Sorteado para começar, Ricardo Barcelos (PT do B) se direcionou a Elson Lages (PP) questionando as propostas para lidar com os problemas enfrentados pelo Hospital Armando Vidal. Na réplica, citou também a Casa de Saúde São Lucas. Nelson Ferreira (PEN) indagou Henrique de Mutango (PSB) sobre as possíveis melhorias no trânsito. Já Henrique (PSB) questionou Nelson (PEN) sobre o que o candidato pensa sobre o investimento necessário na saúde. Encerrando a troca de perguntas, Elson Lages (PP) se dirigiu a Ricardo Barcelos para tratar sobre o fundo de aposentadoria e de pensões existente do município.

O último quadro foi utilizado pelos candidatos para as considerações finais. Nelson Ferreira (PEN) destacou a ausência de Amarildo do Hospital (PR) e falou que falta apoio ao esporte fidelense nos dias atuais. Henrique de Mutango (PSB) tratou o debate como um momento histórico para a política fidelense. Ricardo Barcelos (PT do B) disse que, se eleito, doará por um ano salário de prefeito às instituições do município que estão falindo. Já Elson Lages (PP) utilizou o tempo para lembrar da CPI da Câmara de Vereadores para apurar irregularidades nas licitações da prefeitura, e também citou a ausência de Amarildo (PR). Henrique de Mutango se sentiu atacado, recebeu o direito de resposta, e relatou existir transparência quanto à citada CPI.

Confira abaixo o vídeo do debate na íntegra:

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *