sexta-feira , 18 outubro 2019

Defesa Civil eleva nível de risco para incêndios florestais e urbanos em Miracema No ano passado, o município registrou 45 ocorrências de incêndios

No ano passado, o município registrou 45 ocorrências de incêndios

Embora nesse ano tenha chovido 209 mm a mais do que nos quatro primeiros meses do ano passado, a Defesa Civil de Miracema elevou o nível de risco de incêndios no município. Em uma faixa que vai de reduzido até extremo, o município entrou no nível elevado, o terceiro entre os cinco níveis.

Segundo a Defesa Civil, o nível foi elevado devido à previsão de temperaturas acima da média e o baixo volume de chuva nos próximos meses. No ano passado, o município registrou 45 ocorrências de incêndios e queimadas. Esse ano já foram duas, uma delas, no perímetro urbano.

O outono é uma estação de transição entre o verão e inverno, e, portanto, verificam-se características de ambas. Assim como no inverno, a umidade relativa do ar também costuma cair e este fator, combinado a falta de chuvas, intensifica as queimadas, trazendo prejuízos para a natureza, animais e humanos.

A umidade relativa influencia fortemente no grau de dificuldade de combate aos incêndios e, quando está abaixo dos 30%, torna-se muito difícil o seu controle. Durante o dia, o ar está mais seco e tanto os combustíveis, quanto a vegetação perdem umidade para o ar, que sobe. Durante a noite, esse processo é inverso, tanto que, pela manhã, o combustível e a vegetação estão cobertos de orvalho.

Mais do SFn