sexta-feira , 17 janeiro 2020

Defesa Civil Estadual lança Plano de Emergência 2020 Plano traça estratégias para otimizar as ações de resposta a emergências e desastres; ele também conta com o Plano de Contingência para Estiagem para municípios do Norte e Noroeste

Plano traça estratégias para otimizar as ações de resposta a emergências e desastres; ele também conta com o Plano de Contingência para Estiagem para municípios do Norte e Noroeste

Fotos: SF Notícias

A Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) lançou, nesta quinta-feira (05/12), o novo Plano de Emergência do Estado (PEM-RJ). Com vigência de 12 meses, o documento traça estratégias para otimizar as ações de resposta a emergências e desastres ocorridos no Estado de forma integrada e articulada com os 92 municípios fluminenses. O plano é o ponto de partida para a otimização das ações de prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação dos cenários atingidos por emergências ou desastres no Estado. A partir do estudo de cenários de risco, são estabelecidos protocolos oficiais para mobilizações preventiva e de emergência em relação a eventos adversos, de forma a minimizar danos e prejuízos. A ferramenta é destinada a todos os integrantes do Sistema Estadual de Defesa Civil (SIEDEC).

O trabalho foi coordenado pelo Departamento Geral de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro (DGDEC) e é fruto de reuniões em parceria com mais de 25 agências, incluindo instituições governamentais e não governamentais, entidades privadas e segmentos organizados da sociedade civil. Cerca de 90 pessoas – entre especialistas, servidores públicos e cidadãos fluminenses – colaboraram com o projeto. A nova versão do PEM-RJ traz novidades, como a matriz de atividades e responsabilidades para incêndios florestais e o Plano de Contingência para Estiagem – ocorrência de grande relevância e prevalência nas regiões Norte e Noroeste do Estado. Municípios como Itaocara, São Fidélis e Miracema sofreram com a estiagem nesta ano e nos anos anteriores. “A cada ano, os municípios têm sofrido mais com as consequências da estiagem, que também é um agente agravante das queimadas. A seca gera, inclusive, danos na economia e podem levar à decretação de situação de emergência. Esse cenário nos levou a diversas análises e estudos em parceria com órgãos de Meio Ambiente e de Agricultura” afirmou o subsecretário de Estado de Defesa Civil, coronel Marcelo Hess.

Parte integrante do Plano de Emergência, o Plano Verão 2020 é um planejamento tático para a integração de múltiplos saberes técnicos na área de proteção comunitária, durante o período com indicativo de chuvas fortes no Estado. Sua vigência vai até 31 de março de 2020; podendo ser prorrogado mediante critérios de excepcionalidade. Para conhecer o Plano de Emergência do Estado (PEM-RJ) acesse: http://www.prodec.defesacivil.rj.gov.br/pem2020/#p=1.

Mais do SFn