quarta-feira , 16 agosto 2017

Depilação a laser, solução para o verão que exige cuidados especiais.

A depilação a laser é uma técnica eficiente que traz vários benefícios para a pele, tando para mulheres quanto para homens acabando com o incômodo da cera quente ou lâmina, deixa a pele mais macia, ajuda a poupar tempo e elimina de vez os pêlos indesejados.

“O  tratamento é muito bom porem  exige técnica, profissionalismo e equipamentos adequados”. Explica a Dr Andreia Azevedo fisioterapeuta e especialista em estética.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

São necessárias, em média 5 a 8 sessões, com intervalos de 3 a 5 semanas ininterruptas. Os resultados normalmente são observados a partir da segunda sessão, os pêlos que estão mortos são eliminados e observa-se redução progressiva dos outros.

O número de sessões depende de fatores como: tipo de pele e pêlo, tamanho da região e resposta individual ao tratamento. Pelos escuros e grossos respondem rápido ao tratamento, porém pêlos brancos não são eliminados devido ausência de melanina.

O objetivo do tratamento é oferecer melhora na foliculite e redução permanente dos pêlos. Podem permanecer pêlos finos e claros (penugem). O laser não previne produção de novos pêlos de origem genética, hormonal ou medicamentosa, por isso é  recomendado revisão anual após o tratamento.

Durante o tratamento não pode arrancar os pêlos pela raiz (pinça ou cera). É permitido raspar ou cortar os pelos. Deve-se utilizar protetor solar durante todo o tratamento.

Em São Fidélis o único lugar que oferece esse tipo de tratamento é a Clinica São Mateus (Rua Guaraciaba, 05, Centro).  O aparelho Laser de Diodo Light Sheer de terceira geração – aprovado pelo FDA (órgão de saúde dos EUA) e Anvisa (órgão de saúde brasileiro), desenvolvido a partir de anos de pesquisa nos laboratórios de foto-medicina da Harvard Medical School,  trata tanto peles brancas como negras,mostrando resultados imediatos nas pseudo-foliculites (pelos encravados).

“O tratamento não se restringe a aplicação do laser, seguindo o protocolo internacional , são necessárias receitas e OLYMPUS DIGITAL CAMERAorientações semanais aos clientes no pré e pós  procedimento, o que minimiza a dor e as reações posteriores”. Completou Dra. Andrezza Sardenberg, Coordenadora da Clínica.

Você precisa saber:

Como o Laser gera luz (calor), a pele fica avermelhada (eritema pós Laser), é comum aparecer pequenas crostas e em raros casos bolhas.

A avaliação e acompanhamento após o tratamento é gratuito.

Essa matéria só pode ser realizada, graças  a colaboração da Dra. Andrezza Sardenberg (médica) e pelas Dras. Andreia Azevedo e Bianca Almeida (fisioterapeutas).

Conheça mais a Clínica e os profissionais visitando o site (aqui)


Mais do SFn

SFn