quinta-feira , 20 junho 2019

Desativado por anos, Conselho Comunitário de Segurança tem novos membros empossados, em São Fidélis Objetivo do CCS é estreitar a relação entre a comunidade e as polícias Civil e Militar; Subcomandante do 8º Batalhão e Delegado da 141ª DP participaram da solenidade

Objetivo do CCS é estreitar a relação entre a comunidade e as polícias Civil e Militar; Subcomandante do 8º Batalhão e Delegado da 141ª DP participaram da solenidade

Fotos: SF Notícias

Após anos sem um Conselho Comunitário de Segurança (CCS), foi empossado nesta terça-feira (11/06), em São Fidélis, o novo grupo que tem como objetivo estreitar a relação entre a comunidade e as polícias Civil e Militar, fazendo com que estas cooperem entre si.

A solenidade de posse dos membros do novo Conselho e a primeira reunião aconteceram na Câmara Municipal, com a presença do Subcomandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Aredes, do delegado da 141ª Delegacia, Dr. Carlos Augusto da Silva, guardas municipais, vereadores, representantes de associações de moradores e outros membros da sociedade. 

Em sua fala, o subcomandante do 8º BPM disse que o conselho estava desativado há anos no município e explicou a função do mesmo. “Aqui em São Fidélis nós já tivemos o Conselho em 2012, por alguns motivos tivemos o término do conselho. O conselho é essa integração, essa parceria, essa união de esforços para o bem comum, para o bem social, para a paz social. A Polícia Militar junto com a Polícia Civil são os integrantes natos do conselho, somos membros insubstituíveis e a cada dois anos há uma renovação dos membros efetivos. A partir dessas reuniões nós pautamos assuntos, aceitamos sugestões e críticas, tudo para o bem estar social” – disse o tenente-coronel Aredes.

O subcomandante também ressaltou que o município tem índices baixíssimos de criminalidade e que no primeiro semestre de 2019 teve redução em comparação ao mesmo período do ano passado. O Delegado da 141ª Delegacia do município, Dr. Carlos Augusto Guimarães também ressaltou a importância do Conselho, afirmando que ele é uma voz que a comunidade tem, uma garantia de se fazer representada.

O novo conselho tem como presidente, Joel de Oliveira Barbosa, como vice Antônio Marcos de Oliveira, como 1º e 2º secretários Sheila Silva e Hélio Alves, e como Diretora de Assuntos Comunitários e Sociais, Tamiris Daniel Machado.

Na primeira reunião, logo após a posse, foram debatidos assuntos como roubos na zona rural do município, que acabam não entrando para a estatística visto que a maioria das vítimas não procura a delegacia. Sobre o tema, o subcomandante informou que as motos recebidas pela 4ª Cia do município, após reformadas, serão utilizadas na ronda nas zonas rurais e distritos.

Já o Delegado da 141ª DP sugeriu que, caso a vítima não possa se deslocar até a delegacia, pode fazer um boletim de ocorrência pela Internet, pela Delegacia Online. Outros temas, como uso de drogas por menores e reforço da ronda policial nos locais mais vulneráveis também foram debatidos.


Mais do SFn