sdfghhkulil

Desembargador determina desbloqueio do WhatsApp em todo o país

dwfghjhk-360x270
Fotos: Arquivo/Reprodução.

Um dia após a decisão da Justiça de bloquear o uso do Whatsapp por 48 horas no Brasil, a determinação está prestes a cair por terra. Na manhã desta quinta-feira (17/12), o desembargador Xavier de Souza, da 11a. Câmara do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou o desbloqueio do aplicativo de mensagens em todo o país. O serviço deve voltar ao normal ao longo do dia.

Na decisão, foi destacado que, “em face dos princípios constitucionais, não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados em decorrência da inércia da empresa” em fornecer informações à Justiça.

Entenda:

Ontem (17/12), a Justiça brasileira que todas as operadoras de telefonia brasileira bloqueassem o WhatsApp. A determinação surgiu da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo. O motivo seria uma recusa do WhatsApp em disponibilizar informações para uma investigação policial. A decisão, que obriga todas as operadoras de telefonia móvel a acatarem, segue em segredo de justiça.

O bloqueio começou a valer à partir de 00h desta quinta-feira (17/12), afetando todas as operadoras, que bloquearam o acesso ao aplicativo através da internet móvel. A princípio, o serviço também seria bloqueado nas operadoras de telefonia fixa, o que implicaria no uso do wi-fi. No entanto, vários usuários seguem utilizando normalmente pelo wi-fi, enquanto somente alguns foram afetados.

Para quem está sem o WhatsApp, há outros aplicativos com funções semelhantes ao do aplicativo, como o Telegram, que recebeu milhares de adeptos brasileiros nas últimas horas. Também destacam-se entre os mais usados: Viber, ZapZap, WeChat, Skype, Line, Kik Messenger, KaKao, iMessage, entre outros.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *