segunda-feira , 27 janeiro 2020

Deslizamento arrasta carro durante temporal em Colônia, em São Fidélis Segundo a Defesa Civil, também houve deslizamentos na RJ-192 e na entrada de Usina Pureza. Córregos também transbordaram na zona rural do distrito de Colônia

Segundo a Defesa Civil, também houve deslizamentos na RJ-192 e na entrada de Usina Pureza. Córregos também transbordaram na zona rural do distrito de Colônia

Fotos: leitores SF Notícias

O dia foi clareando e os estragos provocados pela chuva forte e constante que atingiu São Fidélis na noite de quarta e madrugada de quinta-feira (12/12) foram aparecendo. Colônia, quarto distrito da Cidade Poema, foi o mais atingido. Por lá, um deslizamento de terra carregou parte do quintal e a garagem de uma residência que fica na Rua da Caixa D’água. Segundo a Defesa Civil de São Fidélis, uma equipe do órgão irá voltar ao local nesta manhã juntamente com um engenheiro para avaliar a estrutura do imóvel. Segundo informações de moradores, quando chove forte a água fica acumulada na rua e acaba provocando erosão. Uma enxurrada de lama passou pelo quintal da casa, onde houve o deslizamento. Um automóvel que estava na garagem foi levado pela lama, assim como o telhado da garagem. (continua após o vídeo)

Segundo a Defesa Civil, também houve um deslizamento na RJ-192, na localidade de Piraí. A rodovia chegou a ficar fechada, mas foi liberada durante a madrugada. Outro deslizamento foi registrado na entrada de Usina Pureza, mas segundo o órgão, o local já foi limpo. A zona rural de Colônia também foi atingida por um forte temporal. Córregos que passam por Olho D’água e às margens da entrada que liga as localidades de Usina Pureza e Caititu transbordaram. A força da água carregou um pontilhão e parte da estrada entre essas duas últimas localidades. Um trecho da RJ-158, entre Usina Pureza e o trevo da Boia, ficou alagado (reveja AQUI). O vídeo acima mostra os transbordamentos dos córregos.

Mais do SFn