quarta-feira , 7 dezembro 2016
policia militar 36 bpm novo 4

Deslocamento coloca policiais em risco e deixa cidades com policiamento reduzido

policia militra padua
Comboio do 36º BPM passando por São Fidélis

O deslocamento de policiais de uma cidade para outra para auxiliar na segurança pública, coloca a população e os policiais em risco, isto por que as cidades de onde eles saem ficam com número reduzido de força policial e os agentes sujeitos a acidentes rodoviários. Esse deslocamento acontece com frequência entre os municípios das Regiões Norte e Noroeste Fluminense, principalmente com o 36º BPM de Pádua.

O deslocamento prejudica o policiamento em municípios como Itaocara, Pádua e Miracema. Nossa redação recebe diversas mensagens de moradores questionando a falta de segurança e de policiais preocupados com os riscos desse deslocamento. Já mostramos aqui a situação precária do alojamento onde esses policiais ficam em Macaé. Reveja a matéria no link abaixo:

Policiais do 36º BPM são deslocados para suprir policiamento em Macaé

O risco dessa vez é com os acidentes, como o do último domingo.
Três policiais do 36º BPM ficaram feridos após a viatura tombar na RJ-158 em São Fidélis. Eles voltavam de Macaé para Pádua. Um deles acabou quebrando o nariz.

asdfghgijkjkl“Os PMs de nosso batalhão estão trabalhando em escala desumana. Assumem o serviço às 08h, às 12hs viajam para Macaé, são submetidos a um serviço desgastante lá até às 02hs da manhã e ainda enfrentam mais 03h30 de viagem de retorno para o batalhão de origem. Todos nós sabíamos que isto aconteceria. Era questão de tempo. Louvamos a Deus pelo fato de todos estarem vivos e poderem voltar aos braços de suas respectivas famílias”, disse um policial.

polícia militar 36 bpm
Policiais de Pádua, Miracema e Itaocara atuando em Campos

Procuramos o Comando de Polícia Militar do Estado do Rio, que em nota, informou que o apoio a outros batalhões é previsto pela Polícia Militar e ocorre de maneira que não prejudique o policiamento nas áreas de responsabilidade das unidades.

De acordo com o levantamento feito por nossa equipe, enquanto policiais de Miracema são transferidos para apoiar Macaé, dez policiais de Itaperuna são transferidos para ocupar esse espaço vago em Miracema, durante a exposição do município.

wsedrftgyhuji

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *