sábado , 10 dezembro 2016
wdefrtyuiiuhio

Dia 27 de setembro: Dia Nacional de Doação de Órgãos

aSDFGHJKIJOPK
Fotos: SF Notícias

Hoje é o dia que se celebra o Dia Nacional de Doação de Órgãos (27/09), e a Secretaria de Estado de Saúde comemora o atual cenário do Rio de Janeiro na área. O estado tem índice de doações maior que a média nacional e de países como, por exemplo, a Suécia. Para marcar a data, o Programa Estadual de Transplantes promoveu uma série de ações uma semana antes, chamando a atenção da população para a importância da doação. Entre as atividades programadas, está o lançamento do aplicativo da campanha Doe + Vida, que permitirá que usuários se cadastrem como doadores, além de disponibilizar informações sobre o tema.

O aplicativo, disponível para download dos usuários do Android, esta sendo lançado hoje dia 27. Assim como no site da campanha (www.doemaisvida.com.br), quem fizer o cadastro como doador pelo aplicativo ainda pode compartilhar sua decisão com amigos e familiares nas redes sociais.

No início deste mês, fidelenses se mobilizaram, e com o apoio do projeto ”Pró-Medula”, com a campanha “Doe Vida”, um ônibus com quarenta pessoas saiu em direção ao Hemorio, na cidade do Rio de Janeiro para fazer o cadastro de doação de medula óssea. Nossa equipe entrevistou a representante do Pró-medula em São Fidélis, Barbara Freixo Almeida, que disse um pouco sobre a caravana que foi ao Rio de Janeiro, e a próxima que irá no mês de outubro.

Foto: SFn

”Foi muito gratificante. As pessoas abraçaram a causa, e se disponibilizaram a encarar uma viagem de 12 horas ida-volta, apenas com um único objetivo: de ser compatível com alguma pessoa, mesmo sabendo que a chance de se encontrar um compatível é de 1 a cada 100 mil cadastrados. Para o próximo, já tem mais de 50 pessoas que deram seus nomes reservando suas vagas. No momento estamos aguardando o Pró-Medula dizer a data disponível, esperamos levar dois ônibus dependendo da quantidade de pessoas, se não der para todos, os que não forem nessa irão na outra. Meu desejo é sempre levar pelo menos uma caravana por mês. Quero aproveitar para agradecer ao apoio do SFnoticias e da Incena Publicidade, pelo apoio que estão dando”, disse a voluntária que pediu para que entre em contato quem deseja ser um doador de vida.

De acordo com o último relatório da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), o estado do Rio de Janeiro tem o índice de 18 doadores por milhão de habitantes. Com isso, o estado ficou à frente da média nacional (13,4) e de países como Suécia (16), Alemanha (11), Coreia do Sul (8,4) e Grécia (5,6). Este ano, de janeiro à primeira quinzena de setembro, foram registradas 218 doações de órgãos em todo estado. O número é 163% maior que em 2010, quando iniciaram as atividades do Programa Estadual de Transplantes, e foram registradas apenas 80 doações ao longo do ano. Com a doação dos órgãos, um único indivíduo pode salvar a vida de até oito pessoas e melhorar a condição de saúde de outras 50, com a doação de tecidos (como osso, válvula cardíaca, pele, etc).

DFYHU

SFn