quinta-feira , 23 novembro 2017

Dia Mundial da Água: estados brigam pelo Paraíba do Sul

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 2
Fotos: Vinnicius Cremonez

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Água, dois dos maiores estados brasileiros brigam pela disputa da água de uns dos principais rios do Brasil.Os governadores de São Paulo e do Rio de Janeiro, apresentaram teses e argumentos a favor e contra a transposição do Paraíba do Sul, uma obra que o estado de São Paulo deseja realizar para abastecer o estado em tempos de seca, como está vivendo atualmente.

O governado de São Paulo pediu durante um encontro com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, autorização para utilizar água do Rio Paraíba do Sul no Sistema Cantareira, que está em estado crítico por causa da escassez de chuvas. A medida depende de uma autorização da Agência Nacional de Águas (ANA).

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 4Estudos preliminares da Secretaria de Ambiente do Rio apontam que a disponibilidade de água na bacia do Paraíba do Sul já apresenta problemas no período de estiagem. O estado do Rio já sofre com problemas no abastecimento de água fora do período de estiagem, e se agrava quando a estiagem começa. Com a possível transposição, o problema se tornaria mais agravante.

O Rio Paraíba do Sul banha os estados de São Paul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O rio atravessa a conhecida região sócio-econômica do Vale do Paraíba. O rio Paraíba do Sul é formado pela confluência dos rios Paraitinga e Paraibuna.

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 1Considerando sua nascente mais afastada da foz, o rio Paraíba do Sul nasce na Serra da Bocaina, no Estado de São Paulo, com o nome de rio Paraitinga, recebendo o nome rio Paraíba do Sul na confluência com o Paraibuna, na Represa de Paraibuna. Perfaz um percurso total de 1.137 km, desde a nascente do rio Paraitinga até a foz em Atafona (São João da Barra), no Norte Fluminense. A bacia do rio Paraíba do Sul tem uma área de 56.500 km², abrangendo não só as regiões do Vale do Paraíba Paulista e Fluminense, mas também o Noroeste Fluminense e grande parte da Zona da Mata Mineira. O território da bacia banha 88 municípios em Minas Gerais, 57 no Rio de Janeiro e 39 em São Paulo.

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 5Pescadores artesanais que depende do Paraíba do Sul, temem a captação de água no Paraíba para abastecer o sistema Cantareira em São Paulo. O estado do Rio vive a pior estiagem dos últimos 20 anos. Percorrendo o Paraíba do Sul entre São Fidélis e Campos, é possível encontrar várias parte onde era água, e hoje é apenas areia. Esse problema poderá ser maior se realmente for feita a transposição.

A Secretaria Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro informou que a transposição de águas do Paraíba do Sul em São Paulo poderia comprometer a segurança hídrica fluminense. O Estado do Rio é fortemente dependente da bacia do Rio Paraíba do Sul, responsável pelo abastecimento de mais de 11 milhões de habitantes e pela sustentação de parcela expressiva da atividade econômica do Estado.

Rio Paraíba do Sul foto Vinnicius Cremonez 3O governador do estado, Sergio Cabral, disse que não permitirá que se retire água que abastece o Rio de Janeiro.

“Jamais permitirei que se retire água que abastece o povo do Estado do Rio de Janeiro. O governador Geraldo Alckmin, com quem tenho excelente relação, me ligou para expor essa ideia. Disse a ele que formalizasse a proposta e que eu enviaria aos órgãos técnicos. Mas já adianto: nada que prejudique o abastecimento das residências e das empresas do Estado do Rio será autorizado”.  disse Cabral.


Mais do SFn