Dia Mundial de Prevenção do Suicídio: Brasil registra um a cada 45 minutos No ano passado, moradores da região entraram para esta alarmante estatística

No ano passado, moradores da região entraram para esta alarmante estatística

Fotos: Ilustrativas

Instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e a International Association for Suicide Prevention (Iaps), o Dia Internacional de Prevenção ao Suicídio é lembrado nesta segunda-feira (10/09), dentro do Setembro Amarelo.

No Brasil, há um suicídio a cada 45 minutos.  Os dados mundiais indicam que ocorre uma tentativa a cada três segundos e um suicídio a cada 40 segundos. Tirar a própria vida está entre as principais causas das mortes entre jovens, de 15 a 29 anos, e também de crianças e adolescentes.

Infelizmente, nos últimos meses de 2017, moradores da região entraram para esta estatística alarmante. Entre setembro e dezembro do ano passado, foram registrados quatro suicídios na região. Três das vítimas eram jovens, com menos de 23 anos. Os casos foram registrados em Cambuci, Pádua e Cantagalo.

Segundo o estudo Prevenção do Suicídio – Um Recurso para Conselheiros, da OMS, os suicídios resultam de uma complexa interação de fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociológicos, culturais, e ambientais. Uma melhor detecção na comunidade, o encaminhamento para especialistas e a gestão do comportamento suicida são passos importantes na prevenção do suicídio.

Ainda segundo a OMS, a prevenção do suicídio envolve uma variedade de atividades, incluindo a boa educação das crianças, aconselhamento familiar, tratamento das perturbações mentais, controle ambiental de fatores de risco, e educação da comunidade. A educação eficaz da comunidade, uma intervenção vital e básica, inclui o entendimento das causas do suicídio, assim como a sua prevenção e tratamento.

Em junho, uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Centro de Valorização da Vida (CVV), tornou gratuita em todo o Brasil a ligação para o CVV através do número 188. O CVV é uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com prevenção ao suicídio, por meio de voluntários que dão apoio emocional a todas as pessoas que querem e precisam conversar. A ligação é sigilosa.


Mais do SFn