Distrito de Itaperuna registra mais de 140 mm de chuva em menos de 2 horas Ruas e casas foram inundadas; vários moradores perderam tudo e recebem doações

Ruas e casas foram inundadas; vários moradores perderam tudo e recebem doações

Pluviômetro de uma propriedade registrou 145mm em menos de duas horas

Como o SF Notícias havia publicado ontem, o distrito de Comendador Venâncio, em Itaperuna, que foi atingido por um forte temporal na noite de domingo, não possui um pluviômetro oficial. O mais próximo fica no município de Laje do Muriaé, onde foram registrados 25.2 milímetros, pouco diante de tanta água que percorreu as ruas em uma enxurrada e invadiu as casas do distrito. Nesta terça (04/02) o SF Notícias foi procurado por um morador do distrito. Jorge Kamil Jr. tem uma propriedade que fica a cerca de 700 metros de distância da região central do distrito. Há 20 anos ele possui um pluviômetro para controle do índice pluviométrico na propriedade, e no domingo, o equipamento registrou 145 milímetros em menos de duas horas. O resultado de tanta água o SF Notícias mostrou na matéria de ontem, mas você pode rever no vídeo abaixo (continua após o vídeo)

Ruas e casas inundadas. Vias destruídas pela força da água. Muitos moradores perderam tudo; absolutamente tudo. A água destruiu móveis, eletrodomésticos e eletrônicos; roupas e documentos foram perdidos. Nesta terça, os moradores começaram a receber doações de cidades vizinhas. As doações estão na Igreja do distrito. Cláudia Alves, esposa de Jorge, contou ao SF Notícias que o volume de chuva do último domingo foi o segundo maior índice que eles já registraram no equipamento da propriedade num intervalo menor que duas horas. O primeiro aconteceu há 15 anos, quando foram registrados 230 milímetros.

Mais do SFn