sexta-feira , 9 dezembro 2016
CAPA

Divertira Mente é um máximo!!!

divertida-mente-poster-personagens-camundongo
Fotos: Reprodução.

O novo filme de animação em 3D produzido pela Pixar Animation Studios e distribuído pela Walt Disney Pictures, é surpreendente, vale muito a pena assistir no cinema, corram antes que saia de cartaz. Desde Toy Story 3 a Pixar não acertava tão em cheio com um filme que nos diverte, emociona e faz pensar. São 15 filmes ao todo no currículo da maior produtora de animação do mundo e este sem dúvida está no Top 3.

Com uma trama simples e muito original o filme nos cativa do início ao fim e nos faz viajar juntos com as emoções que existem dentro da cabeça da protagonista. Não entendeu nada? Então, eu vou explicar: Riley é uma menina de 11 anos que terá que dizer adeus a uma vida feliz em Minnesota, sua cidade natal e começar uma nova vida em San Francisco. Os espectadores vão penetrar no seu cérebro e perceber como se formam as memórias, e como uma mistura de cinco emoções humanas – Alegria, Tristeza, Raiva, Nojinho e Medo – define as experiências vitais, e fazer novos amigos. Além disso descobrimos também como são feitos os sonhos, pra onde vão as memórias esquecidas e o que acontece no nosso inconsciente.

É um show de criatividade que agrada tanto as crianças, quanto os adultos, eu arriscaria dizer que é um filme para adultos, pois nos deixa tão entretidos com as possibilidades propostas pelo roteiro, que por um momento esquecemos qualquer relação com a realidade e simplesmente nos deixamos levar.

15179240Repleto de simbologias, algumas óbvias outras super complexas, o expectador mirim pode se sentir um pouco perdido com a construção da narrativa, como diz Gustavo Côrtes, um amigo designer: “O Filme é uma aula de teoria da forma que tanto era complicado aprender na faculdade de design explicado em menos de 10 minutos no desenho. Fora todo o plano de fundo e metáforas e aquele mundo criado para explicar como funciona algo tão complexo quanto nossas mentes e sentimentos”.

Os cinco pequenos heróis do filme são, desde o começo, muito carismáticos que representam reações com as quais nós, os espectadores, independente em qual momento de vida estamos, somos confrontados o tempo todo durante nossas vidas. Pois do mesmo jeito com que temos reações diferentes a cada etapa de nossa vida: infância, adolescência, maturidade, velhice-, cada um pode acompanhar as divertidas passagens da história reagindo com mais ou menos intensidade, maior ou menor compreensão.

image_33490d7cSeja em que idade e momento de vida você esteja, o filme vai te agradar. Fecho com o comentário da Psicanalista Ana Laura Giongo, membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre: “O filme coloca em cena, de modo colorido e preciso, o trabalho de inscrição das memórias que vêm a constituir nossa estrutura psíquica. perguntas sobre se os adultos também sentem medo, reflexões sobre que sentimento estaria “no comando” em alguns momentos e, inclusive, a criação de outro “personagem- sentimento”, quando uma menina disse que inventaria a Dúvida para a sua mente. Ao retratar a mente de “dentro para fora”, o filme abre – para crianças e adultos – janelas para dentro”.

Se o que eu escrevi não foi suficiente para te convencer, segue o trailer pra você sentir um pouquinho o que te espera:

SFn