segunda-feira , 25 setembro 2017

Eleições 2014: Resultado final do primeiro turno

Fotos: SF Notícias | Divulgação
Fotos: SF Notícias | Divulgação

Definido o cenário do segundo turno das eleições, os candidatos podem retomar a propaganda eleitoral a partir da tarde desta segunda-feira (6), quando completar 24 horas do encerramento da votação nas eleições, 17h no horário local. Volta a ser permitida a distribuição de material de propaganda política, carreatas, comícios e o uso de alto-falantes ou amplificadores de som.

Confira agora o resultado final do primeiro turno das eleições 2014, resumimos para os nossos leitores, todas as informações de uma forma simples e objetiva.

da

Presidente

Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) decidirão em segundo turno, no próximo dia 26, quem será o futuro presidente do Brasil. Dilma chegou ao segundo turno ao obter 41,59% dos votos válidos (43,2 milhões de eleitores). Aécio teve 33,55% dos votos (34,8 milhões de eleitores).

Será a quarta vez consecutiva que candidatos de PT e PSDB disputarão o segundo turno – em 2002, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu José Serra (PSDB); em 2006, Lula se reelegeu contra Geraldo Alckmin (PSDB); em 2010, Dilma superou Serra.

No segundo turno, um dos primeiros desafios que surgem tanto para o PT como para o PSDB é buscar apoio do PSB, da candidata Marina Silva, que ficou em terceiro lugar no pleito, com 21,32% (22,1 milhões de votos).

pezao_crivelaGovernador

Em votação acirrada entre o segundo e o terceiro colocados, Marcelo Crivella, do PRB, inverteu o resultado das pesquisas e superou Anthony Garotinho (PR) na disputa por uma vaga no segundo turno da eleição para o governo do Estado do Rio, ao lado de Luiz Fernando Pezão, do PMDB. O resultado só foi confirmado com quase 100% das urnas apuradas, por volta das 20h40 deste domingo (5). No fim da votação, Pezão, governador candidato à reeleição, ficou com 40,57% votos válidos, seguido do senador Crivella com 20,26%. Garotinho vem em seguida, com 19,73%.

romário 2Senador

Com 63,43% dos votos Romário do PSB, foi eleito o representante do estado do Rio de Janeiro no senado, em São Fidélis Romário teve 8071 (oito mil e setenta e um) votos em São Fidélis.

César Maia o segundo colocado na disputa, ficou com 20,51% dos votos em todo o estado e recebeu  6035 (seis mil e trinta e cinco) votos em São Fidélis.

Cesar Maia, do DEM, seu principal oponente, cumprimentou o vencedor. “A vitória do deputado Romário foi insofismável. Ele teve ampla vantagem e foi a preferência  do povo do estado do Rio de Janeiro em todas as regiões. O que nos cabe é cumprimentar o Romário e torcer para que ele seja um senador que represente bem o nosso estado”, disse.

No segundo turno das eleições, Romário ainda não sabe quem apoiará. “Faço parte de um grupo que tínhamos a Marina como representante. A respeito de um segundo turno, não foi pensado ainda sobre uma possível ajuda tanto no contexto nacional como no  estadual”, disse o senador.

Jair-BolsonaroDeputados Federais

O PMDB, partido do atual governador Luiz Fernando Pezão, candidato à reeleição, foi a legenda que conquistou o maior número das cadeiras de deputado federal pelo Rio de Janeiro no Congresso Brasileiro. A sigla irá ocupar oito dos 46 postos na Casa reservados para o estado. O PR e PSD são os dois partidos seguintes com maior número de eleitos, seis cada um, seguidos pelo PT, com cinco.

Confira abaixo a relação dos deputados federais eleitos pelo Rio de Janeiro:
Jair Bolsonaro (PP) – 464.572 votos
Clarissa Garotinho (PR) – 335.061 votos
Eduardo Cunha (PMDB) – 232.708 votos
Chico Alencar (PSOL) – 195.964 votos
Leonardo Picciani (PMDB) – 180.741 votos
Pedro Paulo (PMDB) – 162.403 votos
Jean Wyllys (PSOL) – 144.770 votos
Roberto Sales (PRB) – 124.087 votos
Marco Antônio Cabral (PMDB) – 119.584 votos
Otavio Leite (PSDB) – 106.398 votos
Felipe Bornier (PSD) – 105.517 votos
Sóstenes Cavalcante (PSD) – 104.697 votos
Washington Reis (PMDB) – 103.190 votos
Rosangela Gomes (PRB) – 101.686 votos
Júlio Lopes (PP) – 96.796 votos
Índio da Costa (PSD) – 91.523 votos
Alessandro Molon (PT) – 87.003 votos
Hugo Leal (PROS) – 85.449 votos
Glauber (PSB) – 82.236 votos
Cristiane Brasil (PTB) – 81.617 votos
Jandira Feghali (PCdoB) – 68.531 votos
Dr. João (PR) – 65.624 votos
Simão Sessim (PP) – 58.825 votos
Celso Pansera (PMDB) – 58.534 votos
Miro Teixeira (PROS) – 58.409 votos
Aureo (SD) – 58.117 votos
Sergio Zveuter (PSD) – 57.587 votos
Arolde de Oliveira (PSD) – 55.380 votos
Rodrigo Maia (DEM) – 53.167 votos
Chico D’Angelo (PT) – 52.809 votos
Cabo Daciolo (PSOL) – 49.831 votos
Luiz Sergio (PT) – 48.903 votos
Alexandre Serfiotis (PSD) – 48.879 votos
Deley (PTB) – 48.874 votos
Soraya Santos (PMDB) – 48.204 votos
Benedita da Silva (PT) – 48.163 votos
Paulo Feijó (PR) – 48.058 votos
Marcelo Matos (PDT) – 47370 votos
Fernando Jordão (PMDB) – 47.188 votos
Francisco Floriano (PR) – 47.157 votos
Marcos Soares (PR) – 44.440 votos
Altineu Cortes (PR) – 40.593 votos
Fabiano Horta (PT) 37.989 votos
Ezequiel Teixeira (SD) – 35.701 votos
Luiz Carlos Ramos do Chapeu (PSDC) – 33.221 votos
Alexandre Valle (PRP) – 26.526 votos

Metade do número de parlamentares do Rio será renovada a partir do próximo anos. Dos 46 candidatos, 23 foram reeleitos nestas eleições.

Os reeleitos são:
Jair Bolsonaro (PP) – 464.572 votos
Eduardo Cunha (PMDB) – 232.708 votos
Chico Alencar (PSOL) – 195.964 votos
Leonardo Picciani (PMDB) – 180.741 votos
Jean Wyllys (PSOL) – 144.770 votos
Otavio Leite (PSDB) – 106.398 votos
Felipe Bornier (PSD) – 105.517 votos
Washington Reis (PMDB) – 103.190 votos
Júlio Lopes (PP) – 96.796 votos
Alessandro Molon (PT) – 87.003 votos
Hugo Leal (PROS) – 85.449 votos
Glauber (PSB) – 82.236 votos
Jandira Feghali (PCdoB) – 68.531 votos
Simão Sessim (PP) – 58.825 votos
Miro Teixeira (PROS) – 58.409 votos
Aureo (SD) – 58.117 votos
Sergio Zveiter (PSD) – 57.587 votos
Arolde de Oliveira (PSD) – 55.380 votos
Rodrigo Maia (DEM) – 53.167 votos
Luiz Sergio (PT) – 48.903 votos
Benedita da Silva (PT) – 48.163 votos
Paulo Feijó (PR) – 48.058 votos
Francisco Floriano (PR) – 47.157 votos

marcelo_freixoDeputados Estaduais

Dos 70 deputados estaduais eleitos no Rio de Janeiro, 15 são do PMDB, partido do atual governador, Luiz Fernando Pezão, que irá disputar a reeleição com o candidato Marcelo Crivella (PRB). O mais votado, no entanto, foi Marcelo Freixo (PSOL), reeleito com 350.408 votos. Ao todo, 39 deputados foram reeleitos.

O segundo maior partido com representatividade na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) no próximo pleito será o PSD, que elegeu oito deputados, seguido pelo PR, com sete, e o PT, com seis.

Confira abaixo a relação dos candidatos eleitos (*, os candidatos reeleitos):

Marcelo Freixo (PSOL) – 350.408*
Wagner Montes (PSD) – 208.814*
Flávio Bolsonaro (PP) – 160.359*
Samuel Malafaia (PSD) – 140.148*
Paulo Melo (PMDB) – 125.391*
Nivaldo Mulim (PR) – 93.192
Fabio Silva (PMDB) – 82.168*
André Corrêa (PSD) – 81.364*
Jorge Picciani (PMDB) – 76.590
Cidinha Campos (PDT) – 75.492*
Dionísio Lins (PP) – 75.405*
Pedro Fernandes (SD) – 75.366*
Tia Ju (PRB) – 74.803
Osorio (PMDB) – 70.835
Domingos Brazão (PMDB) – 70.314*
Lucinha (PSDB) – 65.760*
Gustavo Tutuca (PMDB) – 64.248*
Rafael Picciani (PMDB) – 63.073*

Carlos Macedo (PRB) – 62.088
Edson Albertassi (PMDB) – 61.549*
Bebeto Tetra (SD) – 61.082*

Zeidan (PT) – 60.810
Bernardo Rossi (PMDB) – 56.806*
Daniele Guerreiro (PMDB) – 55.821
Waguinho (PMDB) – 53.835*
Delegada Martha Rocha (PSD) – 52.698
Márcio Pacheco (PSC) – 50.344*
Christino Áureo (PSD) – 50.168*

Dr. Deodalto (PTN) – 48.496
Pedro Augusto (PMDB) – 48.345*
André Lazaroni (PMDB) – 44.473*

Benedito Alves (PMDB) – 44.381
Rosenverg Reis (PMDB) – 43.045
Thiago Pampolha (PTC) – 41.897*
Luiz Paulo (PSDB) – 39.992*
Carlos Minc (PT) – 39.865*
Luiz Martins (PDT) – 39.3098*
Marcus Vinícius Neskau (PTB) – 39.192*

Filipe Soares (PR) – 39.058
Tio Carlos (SD) – 38.851
Farid Abrão (PTB) – 38.342
Iranildo Campos (PSD) – 36.914*
Waldeck (PT) – 36.755
Jose Luiz Nanci (PPS) – 36.356*
Comte (PPS) – 36.155*

Bruno Dauaire (PR) – 35.645
Marcia Jeovani (PR) – 34.870
Marcio Canella (PSL) – 34.495
Rogerio Lisboa (PR) – 34.030
Enfermeira Rejane (PCdoB) – 33.990*
Jorge Felippe Neto (PSD) – 32.066
João Peixoto (PSDC) – 31.243*
Andre Ceciliano (PT) – 31.207*

Dr. Sadinoel (PT) – 30.504
Zaqueu (PT) – 30.304*
Milton Rangel (PSD) – 28.957
Marcos Abrahao (PTdoB) – 28.777*
Jair Bitencourt (PR) – 28.133
Janio Mendes (PDT) – 28.012*
Renato Cozzolino (PR) – 26.697
Atila Nunes (PSL) – 25.042*
Zito (PP) – 24.491
Wanderson Nogueira (PSB) – 20.073
Paulo Ramos (PSOL) – 18.732*
Zé Luiz Anchite (PP) – 17.401
Graça Pereira (PRTB) – 16.876*
Flávio Serafini (PSOL) – 16.117
Eliomar Coelho (PSOL) – 14.144
Marcos Miller (PHS) – 12.929
Dr. Julianelli (PSOL) – 11.805


Mais do SFn

SFn