segunda-feira , 22 outubro 2018

Eleições 2018: Votação por biometria gera longas filas em São Fidélis Cerca de 4,6 milhões de eleitores fluminenses que constam no banco de dados de identificação civil do Detran-RJ poderão ser identificados pelas digitais ao votar

Cerca de 4,6 milhões de eleitores fluminenses que constam no banco de dados de identificação civil do Detran-RJ poderão ser identificados pelas digitais ao votar

Fotos: SF Notícias

A demora para votar já era esperada. Em São Fidélis, assim como em outras cidades do Estado do Rio de Janeiro, a votação está sendo feita por biometria. Todos estão votando, mas aqueles que ainda não tinham feito o cadastro biométrico antes – já que no município ainda não é obrigatório -, está fazendo na hora, o que gera uma demora no processo de votação. A demora também é gerada pela quantidade de votos, já que votamos em seis candidatos.

A votação por biometria em São Fidélis está sendo feita graças ao convênio firmado entre o Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Cerca de 4,6 milhões de eleitores fluminenses que constam no banco de dados de identificação civil do Detran-RJ poderão ser identificados pelas digitais ao votar. Os eleitores que forem identificados por meio das digitais no dia das eleições terão os dados biométricos incorporados ao cadastro eleitoral e não precisarão comparecer posteriormente ao cartório para realizar o procedimento.

Para viabilizar o aproveitamento do banco de dados do Detran-RJ, a Justiça Eleitoral realizou o batimento dessas informações (nome, filiação, números de identidade e CPF, entre outros dados biográficos) para verificar a compatibilidade, ou seja, se todas as informações estavam idênticas no cadastro eleitoral.


Mais do SFn