Eleitores de S.Fidélis terão até 01 de dezembro para fazer o cadastramento biométrico obrigatório Quem não fizer terá o título cancelado. Algumas biometrias foram importadas do Detran e validadas na urna na eleição presidencial. Veja aqui se você precisa ou não fazer o cadastramento

Quem não fizer terá o título cancelado. Algumas biometrias foram importadas do Detran e validadas na urna na eleição presidencial. Veja aqui se você precisa ou não fazer o cadastramento

Fotos: SF Notícias

Você já fez o seu agendamento para realizar o cadastramento biométrico obrigatório? Se ainda não, faça logo para evitar transtornos e as filas. O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro já iniciou a campanha de biometria obrigatória em alguns municípios do Estado.

Em nossa região o cadastramento já começou de forma oficial em Cambuci, Cantagalo e Itaocara. Nos demais municípios a campanha começará nos próximos meses, mas os moradores de São Fidélis já podem se antecipar para evitar as filas.

Só na “Cidade Poema” 24 mil eleitores (que ainda não fizeram a biometria) passarão pelo cartório eleitoral num prazo estimado de seis meses, isto é, cerca de 4 mil eleitores/mês, o que, inevitavelmente, acarretará longas filas. Para evitar transtornos, os moradores da “cidade poema” já podem se antecipar e fazer o cadastramento biométrico.

Basta acessar o site do TRE-RJ e fazer o agendamento (AQUI). Neste outro link (AQUI) é possível verificar se você está dispensado ou não de realizar o cadastramento biométrico, pois algumas biometrias foram importadas do Detran e validadas na urna na eleição presidencial. Caso você precise fazer, após fazer o agendamento no site é só comparecer no cartório eleitoral no dia/hora agendado, portando os seguintes documentos originais (não é necessário levar cópia, somente os originais):

  • Título de eleitor
  • Documento oficial de identificação com foto
  • CPF
  • Comprovante de residência recente
  • Guia de multa paga (para aqueles que porventura tenham deixado de votar).

Observações importantes

1) Se houver necessidade de alteração de nome/sobrenome, deverá levar a respectiva Certidão de Casamento (via original);

Caso tenha deixado de votar em algum pleito, terá que quitar o(s) débito(s), mediante pagamento de multa no Banco do Brasil (pagamento exclusivo no BB). Nesse caso, comparecer no cartório eleitoral, antes da data agendada para a biometria, e retirar a guia de multa.

Mais do SFn