sexta-feira , 15 novembro 2019

Em ação rápida, PM prende moradores de Jaguarembé acusados de homicídio em São Fidélis Jorge Luiz da Conceição Neto foi assassinado na noite de sexta-feira. O corpo foi encontrado na manhã de sábado por moradores de Cambiasca

Jorge Luiz da Conceição Neto foi assassinado na noite de sexta-feira. O corpo foi encontrado na manhã de sábado por moradores de Cambiasca

Carro usado no dia foi apreendido para ser periciado

Em uma ação rápida policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT) da 4ª Companhia de São Fidélis conseguiram identificar e localizar três homens que estariam envolvidos na morte de Jorge Luiz da Conceição Neto, que foi encontrado morto na manhã de ontem (25/08) em uma estrada de terra às margens da RJ-192, em Cambiasca, 5º distrito de São Fidélis. No local em que o corpo estava foi encontrado um projétil de calibre 38.

Entre os presos estão o que seria o mandante e o autor dos disparos. O crime, segundo a PM, aconteceu entre 21h e 22h da noite de sexta-feira (24). De acordo com informações obtidas pelo SF Notícias, L.M.P., de 22 anos, iria receber R$ 500,00 pela morte de Jorge, que teria sido encomendada por R.C.F.C., de 38 anos. A motivação seria um acidente de trânsito que resultou na morte do irmão de R.C.F.C.

No dia do crime, Jorge e dois amigos, sendo eles L.M.P. (autor dos disparos) e R.S.O., de 22 anos, saíram de Jaguarembé, distrito de Itaocara, para encontrar com mulheres em São Fidélis. Ao chegar em Cambiasca, eles acabaram entrando na estrada de terra que dá acesso a um areal dizendo que seria para usar cocaína, mas foi onde L.M.P. efetuou os disparos em Jorge. Ainda de acordo com as informações, L.M.P. e R.S.O. seguiram para São Fidélis. Na volta para Jaguarembé, L.M.P. teria jogado a arma usada no crime no Rio Grande, em Cambiasca.

Os três acusados foram encaminhados para a delegacia de São Fidélis, mas transferidos para a 146ª DP de Guarus, em Campos, onde foram autuados em flagrante pelo homicídio. Toda a ação foi realizada pelos sargentos Botelho, Bruno e Gonçalves, com apoio do setor Delta de Pureza e do Posto 13 da Polícia Rodoviária Estadual, além de um PM de Itaocara que estava de folga.

Mais do SFn