quarta-feira , 19 dezembro 2018

Em Jaguarembé, PM encontra armas e munições na casa do acusado de mandar matar Jorge Luiz em São Fidélis Além das armas, policiais encontraram mais de 150 munições entre intactas e deflagradas

Além das armas, policiais encontraram mais de 150 munições entre intactas e deflagradas

Jorge foi assassinado em Cambiasca

Armas e uma grande quantidade de munições foram apreendidas na residência do homem que seria o mandante da morte de Jorge Luiz da Conceição Neto, que foi encontrado morto na manhã de sábado (25/08) em uma estrada de terra às margens da RJ-192, em Cambiasca, 5º distrito de São Fidélis.

No imóvel de R.C.F.C., de 38 anos, que fica no distrito de Jaguarembé, em Itaocara, os policiais encontraram um revólver de calibre 38, uma garrucha de calibre 22, uma espingarda de calibre 20 e quatro armas de pressão. Também foram encontradas 123 munições de calibre 22 intactas e duas deflagradas, 14 de calibre 38 intactas e 8 deflagradas, três de calibre 28 deflagradas e uma de calibre 36 deflagrada.

Os PMs também encontraram chumbos/balins e buchas, quatro socadores de pólvora e um vidro de pólvora, uma maleta pra revólver, um punhol, um coldre de perna, uma faca estilo do Rambo e um canivete, além de duas buchas de maconha e um pote com sementes de maconha. A esposa de R.C.F.C. foi autuada em flagrante, mas pode ser liberada após pagamento de fiança no valor de R$ 5.000.

Além de R.C.F.C., outros dois homens foram presos acusados de envolvimento na morte de Jorge. Segundo a PM, no dia do crime, Jorge e dois amigos, sendo eles L.M.P. (autor dos disparos) e R.S.O., de 22 anos, saíram de Jaguarembé, distrito de Itaocara, para encontrar com mulheres em São Fidélis. Ao chegar em Cambiasca, eles acabaram entrando na estrada de terra, onde Jorge foi assassinado. Reveja a matéria AQUI.


Mais do SFn