terça-feira , 21 novembro 2017

Em nova operação contra pesca predatória, policiais destroem armadilha no Rio Muriaé Esse foi o segundo dia de operação feita pela Polícia Ambiental no Rio Muriaé

Esse foi o segundo dia de operação feita pela Polícia Ambiental no Rio Muriaé

Policiais ambientais realizaram mais uma operação para coibir a pesca predatória durante o período de defeso em rios da região. Desta vez a operação aconteceu no trecho do Rio Muriaé em Italva

.

A equipe da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm) encontrou três armadilhas de pesca do tipo Parita construídas com bambu. O material foi destruído pelos policiais. Nenhum pescador foi encontrado no local.

Ontem os policiais encontraram uma armadilha do mesmo tipo no mesmo rio, só que no município de Itaperuna. A armadilha, feita com pedaços de bambu e ferro, havia sido montada no trecho da localidade de Nossa Senhora da Penha. Ela também foi destruída pelos policiais.


Mais do SFn