RJ 192 Foto Vinnicius Cremonez

Em pesquisa da CNT, rodovia entre São Fidélis e Itaocara fica entre as piores do estado

caminhao-rodovia-transito
Fotos: Vinnicius Cremonez – SF Notícias

A 20ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias constatou que, dos 103.259 km analisados, 58,2% apresentam algum tipo de problema no estado geral, cuja avaliação considera as condições do pavimento, da sinalização e da geometria da via. Em relação ao pavimento, 48,3% dos trechos avaliados receberam classificação regular, ruim ou péssimo. Na sinalização, 51,7% das rodovias apresentaram algum tipo de deficiência. Na variável geometria da via foram constadas falhas em 77,9% da extensão pesquisada.

RJ 192 Foto Vinnicius Cremonez 3
RJ-192 (entre São Fidélis e Itaocara) ficou novamente entre as piores do estado.

De 2015 para 2016, houve aumento de 26,6% no número de pontos críticos (trechos com buracos grandes, quedas de barreiras, pontes caídas e erosões), passando de 327 para 414. De acordo com a pesquisa, somente os problemas no pavimento geram um aumento médio de 24,9% no custo operacional do transporte. O estudo da CNT e do SEST SENAT abrange toda a extensão da malha pavimentada federal e as principais rodovias estaduais pavimentadas. A má qualidade das rodovias é reflexo de um histórico de baixos investimentos no setor.

Em nossa região, foram avaliadas a RJ-158 entre São Fidélis e Campos; RJ-192 entre São Fidélis e Itaocara; RJ-186 entre a divisa de Pádua com Pirapetinga (MG) e divisa de Bom Jesus do Itabapoana com Bom Jesus do Norte (ES); RJ-116 entre Itaocara e Nova Friburgo; BR-356 entre São João da Barra e Itaperuna (passando por Campos, Cardoso Moreira e Italva) e BR-101 no trecho de Campos. Foram avaliadas a pavimentação, sinalização, geometria e o estado feral da rodovia.

Pela terceira vez seguida, a RJ-192 ficou entre as piores do estado. Seu estado geral, pavimentação e geometria foram considerados ruins. Já a sinalização foi considerada péssima. A RJ-186 entre a divisa de Pádua com Pirapetinga (MG) com o trevo da BR-356, em Itaperuna, foi considerada ruim. Já o trecho entre o trevo e a divisa de Bom Jesus do Itabapoana com Bom Jesus do Norte (ES), foi considerada regular.

rj 158 obras 2
RJ-158 apresenta problemas próximo da divisa entre São Fidélis e Campos

A RJ-158 (São Fidélis – Campos) foi considerada boa, com uma geometria regular. A pavimentação e sinalização da RJ-116, entre Itaocara e Nova Friburgo, foram avaliadas como boas. Já o estado geral e a geometria, como regular.

A BR-356 foi avaliada como ótima no trecho entre São João da Barra e Campos. Já no trecho entre Campos e Itaperuna (passando Cardoso Moreira e Italva), foi avaliado como bom. O trecho da BR-101 que corta a nossa região foi considerado bom pelos técnicos.

TREVO 1

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *