quarta-feira , 13 novembro 2019

Em sua primeira competição oficial de Jiu-Jitsu, atleta de São Fidélis sobe ao pódio em Rio das Ostras O jovem conquistou o terceiro lugar na categoria leve, até 77 kg, na Taça Rio das Ostras

O jovem conquistou o terceiro lugar na categoria leve, até 77 kg, na Taça Rio das Ostras

Fotos: Arquivo pessoal

A prática de esportes traz diversos benefícios para a saúde, fato comprovado cientificamente, mas a atividade física também é uma grande aliada no tratamento de doenças. Na vida do jovem Igor Palmares, de 23 anos, morador de São Fidélis, o esporte foi o “remédio” que o ajudou a superar uma depressão. Há cinco meses ele começou a praticar o Jiu-Jitsu e no último sábado (12/10) ele participou de sua primeira competição oficial, a Taça Rio das Ostras, que homenageou o Mestre Hermes Ciardulli e reuniu atletas de várias cidades do estado.

“Eu sempre gostei muito do Jiu-Jitsu e sempre admirei muito o meu professor, Igor Palagar. Vejo nele um exemplo de profissional e de pessoa. Eu sofria muito com uma depressão, isso tirava minha vontade de fazer qualquer coisa, mas o Jiu-Jitsu me fez uma nova pessoa, me ajudou demais a combater isso. Nunca imaginei que iria ser tão bom assim. Mas, no começo eu fui só por ir mesmo, depois fui me apaixonando por isso e levando cada vez mais a sério e hoje levo como estilo de vida. Tento passar para as outras pessoas os benefícios disso tudo. Não só pela parte filosófica e cultural, não só pela ética que o esporte exige, mas o bem que traz a saúde, não só física, mas também mental. O Jiu-Jitsu salvou a minha vida” – relatou o atleta ao SF Notícias. O jovem conquistou o terceiro lugar na categoria leve, até 77 kg. Ele disse ainda que ficou muito feliz com o resultado, visto as adversidades que teve. Nesta segunda-feira (14/10) ele retornou aos treinos para as próximas competições.

Mais do SFn