Fabricia jogou várias caixas fora

Em vídeo, moradora de Friburgo diz ter comprado leite Itaocara estragado, mesmo na validade Vídeo já tem quase 9 mil visualizações e mais de 300 compartilhamentos

Vídeo já tem quase 9 mil visualizações e mais de 300 compartilhamentos

Fabrícia teve que jogar várias caixas fora

Há uma semana, Fabrícia Martins, moradora de Friburgo, comprou três engradados de caixas de leite Itaocara, em um mercado friburguense. Ela então começou a notar que seus filhos estavam tendo muita diarreia e que quando fazia a mamadeira deles, usando o leite e um cereal infantil, a mistura ficava muito grossa.

“Achei que eu estava botando Mucilon (cereal) demais só que já era o leite dando problema. No dia 3, eu fui fazer a mamadeira e eu sempre fervo o leite primeiro, quando fui olhar o leite parecia que eu tinha colocado Maisena, coisa que um leite azedo não ficaria daquele jeito e quando eu resolvi jogar fora notei o peso estranho da caixa (ela estava mais pesada do que o normal) e quando eu abri a caixa, pra minha surpresa, tinha uma massa no fundo da caixa” – contou Fabrícia.

Em um vídeo (abaixo) publicado em uma rede social, que já tem quase 9 mil visualizações e mais de  300 compartilhamentos, Fabrícia mostra que os leites estão na validade, com prazo até 05/08/2018, mas, segundo ela, eles estão estragados. Nos comentários, outras pessoas disseram que passaram pela mesma coisa: “Troquei 14 caixinhas hoje. Também com essa validade. Tava sim azedo”; “Isso aconteceu na minha casa também”; “ F. olha o leite que a gente comprou e estava com gosto de cloro”.

Ela relata ainda que o primeiro engradado está bom, do lote 3A, mas os outros dois do lote 2A estavam mais grossos e com gosto diferente. “Varias outras pessoas que comentaram no vídeo tiveram o mesmo problema que eu. Tô tentando novamente entrar em contato com eles, mas eles ficam me jogando de um lado pro outro no telefone. Foi a primeira vez que comprei o leite” – disse Fabrícia.

Em nota, a empresa responsável pelo leite informou que “o leite UHT da marca Itaocara é envasado na Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa, que possui um controle de qualidade onde este leite passa por uma quarentena e análise antes de ser liberado para consumo, ou seja, é armazenado em local específico por 7 dias à temperatura de 37ºC e depois analisado pelo laboratório de microbiologia. Porém, leite é um produto perecível e que pode estragar antes da validade, cabendo ao estabelecimento reduzir esta data se necessário e, que se o produto estivesse sido fraudado, provavelmente ele não estragaria, nem mesmo após seu vencimento. A cooperativa Agropecuária de Itaocara se preocupa com seus cliente e está entrando em contato com os mesmos para esclarecimentos e realização da troca ou devolução do dinheiro. Estamos verificando as possíveis causas deste fato ocorrido para aplicar as medidas corretivas cabíveis juntamente com a Cooperativa Agropecuária de Barra Mansa“.


Mais do SFn