quarta-feira , 16 agosto 2017

Envenenamento de animais de rua revolta moradores de Itaperuna Prefeitura emitiu nota informando que é contra qualquer tipo de violência contra os animais e que os agressores devem ser punidos com rigor

Prefeitura emitiu nota informando que é contra qualquer tipo de violência contra os animais e que os agressores devem ser punidos com rigor

Fotos: Leitores

Moradores de Itaperuna estão preocupados com o número de animais de rua que estão morrendo por conta de envenenamento na cidade. O caso está gerando revolta e nas redes sociais, alguns internautas pedem para que a população não fique somente triste e comovida, mas que exerça a cidadania e denuncie.

Estas denúncias chegaram à Prefeitura do município, que emitiu uma nota sobre o caso. O órgão informou que é contra qualquer tipo de violência contra os animais e que os agressores devem ser punidos com rigor. A nota ressalta ainda que envenenar os animais é crime ambiental, tipificado no art. 32 da Lei 9605/98 e que deve ser fiscalizado pelo Ministério Público. 

Devido às cobranças dos cidadãos, a Prefeitura esclareceu que a Secretaria de Saúde, através de um hospital veterinário, oferece o programa “Animal Amigo”, onde os cães, felinos e equinos são castrados para evitar o aumento de animais de rua, além de receberem atendimentos veterinários e controle de zoonoses. A Prefeitura lembrou ainda que ao colocar veneno nas ruas e calçadas, além do risco de envenenar os animais, as pessoas também correm riscos, principalmente crianças e moradores em situação de rua, o que agrava o crime.

Apesar deste ato de crueldade, a cidade também registra atos de amor para com os bichinhos. Nesta semana, o SF Notícias mostrou que o Supermercado Fluminense instalou um bebedouro e um comedouro para os animais de rua em sua loja na cidade. O grupo também doou sacos de ração para o Instituto AMAI, que se destaca na defesa e cuidado dos animais no município.


Mais do SFn

SFn