segunda-feira , 15 julho 2019

Escola de São Fidélis tem surto de catapora com 9 casos já confirmados Crianças infectadas pela doença estudam no C. E. Barão de Macaúbas e têm idades entre 7 e 11 anos

Crianças infectadas pela doença estudam no C. E. Barão de Macaúbas e têm idades entre 7 e 11 anos

Foto: Divulgação

Um surto de catapora atingiu alunos do Colégio Estadual Barão de Macaúbas, em São Fidélis. De acordo com a Vigilância em Saúde, até o momento foram notificados 10 casos, sendo que 9 já foram confirmados. A pasta informou que as crianças infectadas pela doença têm idades entre 7 e 11 anos. Na última segunda-feira (24/06), agentes da Vigilância realizaram uma ação no Colégio, conferindo as carteiras de vacinação dos estudantes. (Continua após a publicidade)

Os agentes também realizam ações de prevenção nos bairros Barão, Penha e Parque Tinola. Eles estão visitando casas onde residem crianças, para conferir os cartões de vacinação e dar orientações sobre a vacinação. A Vigilância informou ainda que apesar de considerado surto, a Secretaria de Estado de Saúde, orientou que ainda não é necessário realizar um bloqueio, que seria a vacinação de todos os alunos e professores do Colégio.

O município não tem registro de surto da doença há anos. Em todo o ano passado, por exemplo, foram registrados cerca de cinco casos em diferentes bairros. A vacina tetravalente viral, que protege contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela (catapora), está disponível nos postos da cidade.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou que, “de acordo com a direção do Colégio Estadual Barão de Macaúbas, não há alunos com catapora matriculados na unidade escolar estadual. No entanto, considerando que há casos no bairro e que o colégio é compartilhado com a rede municipal, a Secretaria Municipal de Saúde realizou reunião com os pais/responsáveis da rede municipal, que possuem filhos com idade até 12 anos, para orientá-los quanto à ocorrência de possíveis casos no bairro Barão de Macaúbas. Nesse sentido, a Diretora do C.E. Barão de Macaúbas, de forma preventiva, está orientando os pais/responsáveis quanto às providências cabíveis, caso venha ocorrer uma incidência maior de casos de catapora na região”.


Mais do SFn