Estado vai inaugurar colégios militares em Pádua e Miracema; inscrições começam dia 21 Ao SF Notícias, o secretário de educação de Miracema, Charles Magalhães, disse que a unidade do município poderá atender até 540 estudantes de Miracema e região

Ao SF Notícias, o secretário de educação de Miracema, Charles Magalhães, disse que a unidade do município poderá atender até 540 estudantes de Miracema e região

Fotos: SF Notícias

O Governo do Estado vai inaugurar 11 colégios militares no início deste ano. Em nossa região, eles estarão presentes em Miracema e Santo Antônio de Pádua. Segundo o secretário de educação do estado, Pedro Fernandes, as inscrições começam já no dia 21 deste mês, por meio do site Matrícula Fácil, no endereço www.matriculafacil.rj.gov.br. “Essas vagas serão abertas na 2ª fase para atender alunos com vocação militar. É uma demanda da população”, disse o secretário Pedro Fernandes. Em outubro do ano passado o SF Notícias já havia divulgado que Miracema iria ter uma unidade cívico-militar. Naquela época o secretário de educação do município, Charles Magalhães, disse que a unidade será instalada onde funcionava a Escola Municipal Sônia do Amaral. O prédio passou por muitas obras – nos anos de 2017 e 2018 -, de pintura, troca de telhado, de reforma da quadra (que estava interditada há mais de 3 anos), ou seja, está pronto para a instalação do colégio militar, faltando apenas algumas pequenas mudanças. (continua após a foto)

“Segundo dados do próprio estado, o nosso prédio está entre os três melhores que irão receber as 30 escolas cívico-militar do estado. A Proposta da implementação é um modelo desenvolvido que visa promover a melhoria na qualidade da educação básica do município de Miracema. Para isso, propomos construir um ambiente de parcerias e de maior vínculo entre gestores, professores, militares, estudantes, pais e responsáveis. A parceria entre o governo municipal e estadual inicialmente se dará com a cessão de um excelente prédio municipal”, disse o secretário. Ainda de acordo com Charles, o colégio cívico-militar atenderá alunos (meninos e meninas) da cidade de Miracema e de cidades vizinhas, inclusive até de Palma, cidade mineira que faz divisa com Miracema. “O modelo que será implementado em Miracema, embora tenha novidades, já se sabe que será bilíngue e com forte foco em áreas esportivas. A proposta é, vagas para todos que quiserem, pois o colégio consegue receber até 540 alunos”, concluiu o secretário.

Mais do SFn