segunda-feira , 20 novembro 2017

Estiagem faz prefeitura de Cardoso Moreira decretar situação de emergência As prefeituras de Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua, São Fidélis e Varre-Sai também já decretaram emergência

As prefeituras de Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Laje do Muriaé, Miracema, Santo Antônio de Pádua, São Fidélis e Varre-Sai também já decretaram emergência

Fotos: SF Notícias

A forte estiagem que atinge a região fez mais um município decretar situação de emergência, desta vez foi a Prefeitura de Cardoso Moreira a realizar o decreto. Em menos de 24h, três cidades decretaram emergência por conta da seca, nesta quarta (18/10), foram as prefeituras de Italva e Varre-Sai.

Os mais de três meses sem volumes de chuva relevantes, estão segundo a Prefeitura de Cardoso, fazendo o município passar por dificuldades e perdas, principalmente na área rural, onde se concentra a base econômica da cidade, já que sua economia é baseada principalmente na produção agrícola.

Ainda segundo a Prefeitura, diversos fatores levaram ao decreto, como a perda expressiva na produção de hortifrutigranjeiros, queda na produção de leite e morte prevista de 20 animais de grande porte. Os prejuízos podem chegar ao valor de R$ 3.564.400,00.

Além da perda agrícola, moradores das localidades de Dr. Matos, Vermelha, Santa Bárbara, Goiabeira e de alguns bairros do município, estão tendo a necessidade do fornecimento de água potável através de caminhões pipa. O nível do Rio Muriaé também preocupa, normalmente nesta época o nível é de um metro e quarenta centímetros, mas o rio está com apenas trinta e quatro centímetros.

As prefeituras de Bom Jesus do Itabapoana, Itaocara, Italva, Laje do Muriaé, Miracema, São José de Ubá, Santo Antônio de Pádua e São Fidélis também decretaram situação de emergência.


Mais do SFn