segunda-feira , 10 dezembro 2018

Estrela do Norte busca ajuda para conseguir representar São Fidélis na série C do Campeonato Carioca Time tem planos de disputar o Campeonato Carioca deste ano, mas precisa de ajuda

Time tem planos de disputar o Campeonato Carioca deste ano, mas precisa de ajuda

Fotos: divulgação

Faltando pouco tempo para o início da série C do Campeonato Carioca, o Estrala do Norte Esporte Clube corre contra o tempo para poder participar da competição e fazer com que São Fidélis tenha pela primeira vez em sua história uma equipe profissional.

Para poder participar, o Estrela precisa pagar R$ 28 mil para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) e R$ 32.500,00 para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). As taxas são referentes à inscrição do time. O prazo para o pagamento termina no próximo dia 08. O Estrela do Norte é o único clube da cidade que possui todas as certidões negativas exigidas, mas não possui verbas, nem patrocínio e nem apoio para poder se inscrever.

Segundo Marcelo Santana, presidente do clube, para manter o time durante a competição teria que buscar apoio da iniciativa privada. O objetivo é fazer do Estádio Sebastião e Almeida e Silva, recém-reinaugurado, a “casa” do clube caso o mesmo consiga participar da competição, mas pra isso, terá que se fazer em obras de adaptação, como a instalação elétrica, além de conseguir os laudos liberando o estádio. Esse processo ficaria em torno de R$ 5 mil.

“Seria a primeira vez que teríamos um time profissional em São Fidélis. Estaríamos presenciando uma revolução no esporte fidelense. Um time profissional na cidade encurtaria o processo de formação de atletas e iria valorizar o jogador local. Seria uma “fábrica de sonhos” pra famílias que gostariam de ver seus entes queridos se tornarem jogadores de futebol. Teríamos um envolvimento indireto de aproximadamente 4 mil pessoas com os times profissional, sub-20, 17, 15, 13, 11 e da categoria até 9 anos”, disse Marcelo.


Mais do SFn