Estudo da Firjan aponta que municípios da região ficaram mais de 20h sem energia elétrica em 2016 Na Região Norte, Cardoso Moreira foi a cidade com mais horas sem energia, 40 ao todo

Na Região Norte, Cardoso Moreira foi a cidade com mais horas sem energia, 40 ao todo

Fotos: SF Notícias

Um estudo realizado pelo sistema FIRJAN, nomeado o “Retrato da Qualidade da Energia no Estado do Rio de Janeiro”, apontou que o estado tem o pior serviço de energia elétrica que a média do Brasil.

Segundo os dados do estudo, Cardoso Moreira foi o município com mais horas sem energia na Região Norte, 40 horas. Campos registrou 33 horas de interrupção, já em Macaé, um importante polo industrial, foram 26 horas de interrupções em 2016, o que gera prejuízos. São Fidélis apresentou menos interrupções de energia quando comparado aos demais municípios da região, nove vezes e 16 horas de interrupção.

No Noroeste, Santo Antônio de Pádua e Aperibé apresentaram menor duração de interrupção da região, ambos com 14,85 horas em 2016. Italva foi o município com mais horas sem energia, 44,81 horas. Já Itaocara registrou 26,76 horas sem energia.

O estudo foi elaborado com base em indicadores da Aneel e aponta ainda que os consumidores tiveram o fornecimento interrompido 13 vezes, em 2016, um aumento de 11,1% em relação a 2011. Segundo a FIRJAN, o acesso à energia elétrica com qualidade, segurança e a preços baixos é fundamental para o desenvolvimento socioeconômico e industrial.

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn

SFn