sexta-feira , 18 outubro 2019

Ex-combatente que completará 100 anos será homenageado no “Dia da Vitória”, em Cantagalo  Alcides Ribeiro e outros 14 cantagalenses foram convocados como soldados e integraram a Força Expedicionária Brasileira, na Segunda Guerra

Alcides Ribeiro e outros 14 cantagalenses foram convocados como soldados e integraram a Força Expedicionária Brasileira, na Segunda Guerra

Fotos: Arquivo pessoal

Alcides Ribeiro de Oliveira, natural de Cantagalo, na Região Serrana, tinha apenas 25 anos quando se uniu a outros moradores da cidade que foram convocados para lutar na Segunda Guerra Mundial. Hoje, ele está prestes a completar 100 anos e será homenageado no município nesta quarta (08/05).

Apesar de estar acamado, o filho de Alcides, José Mário de Souza Oliveira, conta que ele estará na cerimônia do Dia da Vitória, celebrado anualmente em comemoração a vitória dos Aliados contra as potências do eixo, tendo seu ápice em 8 de maio de 1945 com a derrota da Alemanha Nazista.

Questionado sobre a reação do pai sobre a notícia de que seria homenageado, José Mário afirma que, devido à idade avançada ele já não compreende muitas coisas, mas contou um pouco do que Alcides relatou aos sete filhos ao longo dos anos.

“Ele ficou no Monte Castello durante 6 meses. Ele chegou a relatar alguns momentos difíceis que passou lá. Porém para nos preservar, preferia não entrar em muitos detalhes. Com certeza perdeu pessoas que conheceu lá. Naquele momento, na guerra o que eles tinham era uns aos outros. E infelizmente nem todos voltaram para as suas verdadeiras famílias” – disse. 

José Mário conta ainda que no início, quando falava da guerra o pai sentia o orgulho de quem teve uma missão e cumpriu. “Porém quando a idade e maturidade chegaram ao invés disso um pouco de culpa o alcançou” – relata. Como os recursos tecnológicos não eram avançados como são atualmente, não há fotos de Alcides naquela época, mas ele ainda guarda a medalha da Força Expedicionária Brasileira (FEB).

Outros 14 cantagalenses já falecidos, também foram convocados como soldados e integraram a FEB foram eles: Manoel Vieira dos Santos,  Nilson Bittencourt, Francisco de Oliveira, Henrique Boquimpani,  Inácio Viegas dos Santos, João Ecard da Rosa,  Juvenal do Carmo Neto, Manoel Morfino Storck,  Manoel Vollú, Osvaldo Carreiro de Resende, Amélio Abrahin (Desembarcou antes de ir ao fronte), José Ribeiro, Sebastião Pontes e Virgílio Augusto Gomes.

O evento para homenageá-los será promovido pela Prefeitura de Cantagalo, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, e acontecerá a partir das 9h desta quarta, na praça Zilda Estorani Guzzo, próximo ao Monumento dos Pracinhas.

A iniciativa também visa elevar a memória, história do município, conscientizando os estudantes e a população sobre os combates e o fim da 2ª Guerra Mundial. Haverá execução do Hino Nacional, Hino do município, Canção dos Expedicionários e palestra com professores e pesquisadores.

Mais do SFn