domingo , 11 dezembro 2016
5

Ex-morador de São Fidélis conquista medalha no Open Castelo de Jiu Jitsu

1
Fotos: Reprodução.

No último domingo (13.03), o lutador Jonas Sousa conquistou o segundo lugar na categoria meio-pesado, para lutadores com até 88,3kg, pela faixa branca, no Open Castelo de Jiu Jitsu. A competição, válida pela primeira etapa do Campeonato Estadual do Espírito Santo, aconteceu no Ginásio Henrique Frauches, na Escola João Bley, na cidade de Castelo/ES.

Morando atualmente em Carangola/MG, sua cidade natal, Jonas residiu em São Fidélis durante 13 anos. Foi na cidade que ele conheceu o Jiu Jitsu e também sua namorada, moradora do município, que está tendo que lidar com a distância. Em conversa com o SF Notícias, Jonas contou sobre o início no esporte e o apoio de amigos para crescer na modalidade

– São Fidélis com certeza tem a ver, pois foi aí que tudo começou. Eu conheci o jiu jitsu com o professor Joe, o João Henrique Gomes. Eu treinava com ele, mas ele foi embora e acabou o jiu jitsu em São Fidélis naquela época. Aí, eu parei também. Voltei a fazer e recomecei do zero aqui na minha cidade natal. É muito gratificante o reconhecimento dos amigos, pois ainda tenho um vínculo com São Fidélis. Deixei muitas amizades boas, que mantenho até hoje, sempre conversando pelas redes sociais, por telefones. Sempre que posso, estou indo. Agora estou há um tempo sem ir, por causa do trabalho e dos treinos. Mas minha namorada também mora aí atualmente. – disse Jonas.

– A questão de recomeçar do zero tem grande parte dos meus mestres, o Buno Souza e o Filipe Figueredo, que me acolheram e estão me ajudando a evoluir a cada treino. O resultado está aí, e vão vir muitos mais, em nome de Jesus. A próxima etapa será o Open de Venda Nova, e eu vou estar lá, se Deus quiser. Mas até lá tem muitos campeonatos pela frente, e pretendo estar em todos. O próximo marcado é em Porciúncula/RJ, um Grand Prix. É um campeonato menor, mas que serve de preparação para os maiores, como o Campeonato Brasileiro. A expectativa é a melhor possível. É treinar bastante, porque só consegue quem tá ali se dedicando todos os dias, treinando duro e ouvindo tudo o que os mestres falarem. Se for da vontade de Deus, vou trazer mais medalhas, com certeza. – finalizou o lutador.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *