Foto: Reprodução

Exame descarta caso suspeito de coronavírus em Campos; Brasil confirma 3º caso da doença Ministério da Saúde aguarda a contraprova para confirmação de um quarto caso de coronavírus em São Paulo de uma adolescente que esteve na Itália

Ministério da Saúde aguarda a contraprova para confirmação de um quarto caso de coronavírus em São Paulo de uma adolescente que esteve na Itália

Foto: Reprodução

Através de nota, a Prefeitura de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, informou que a paciente que foi atendida no Hospital Ferreira Machado (HFM) na última sexta-feira (28/02), não está com coronavírus. O resultado do exame realizado no Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen) foi negativo para o Covid-19. A mulher, de 24 anos, esteve recentemente em Milão, na Itália, onde ficou por 15 dias. Ela retornou a Campos no dia 18 de fevereiro e, cinco dias após chegar ao município, começou a apresentar sintomas como tosse, febre, desconforto respiratório, coriza, semelhantes aos do coronavírus. A paciente foi atendida e liberada para ficar em isolamento domiciliar respeitando a quarentena. A diretora do Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Campos, Andréya Moreira, ressaltou que a Prefeitura de Campos continua preparada para atuar em eventuais casos suspeitos da doença e já realizou reuniões com representantes de hospitais públicos e particulares, além de Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) e Básicas de Saúde (UBS). (continua após a publicidade)

Brasil confirma mais um caso da doença
O Ministério da Saúde confirmou no final da tarde desta quarta-feira (04), mais um caso de coronavírus no país: um homem, residente em São Paulo, que esteve na Europa, inclusive na Itália, nos últimos 14 dias. Segundo o MS, ele segue em casa se recuperando. A pasta aguarda a contraprova para confirmação de um quarto caso de coronavírus também em São Paulo, de uma adolescente que esteve na Itália. Ao todo, 531 casos suspeitos são monitorados pelo Ministério da Saúde. Outros 315 casos já foram descartados por exame laboratorial.

Mais do SFn