segunda-feira , 24 setembro 2018
Fotos: SF Notícias

Exame descarta H1N1 em homem que morreu no hospital de São Fidélis Cidade já registrou um caso de H1N1 e um de H3N2 neste ano

Cidade já registrou um caso de H1N1 e um de H3N2 neste ano

Fotos: SF Notícias

A Vigilância em Saúde de São Fidélis informou que exames descartaram o vírus H1N1 como a causa da morte de um homem de 59 anos ocorrida no dia 14 de maio, no Hospital Armando Vidal.

O paciente deu entrada no HAV já em estado grave com sintomas de síndrome gripal e com sérias complicações respiratórias. Ele morreu horas depois. Na ocasião, de acordo com a Vigilância, foi coletado material de boca e nariz do paciente. Os materiais foram encaminhados para um laboratório no Rio de Janeiro.

Ainda segundo a Vigilância, os exames descartaram todos os tipos de influenza e indicaram presença do vírus sincicial respiratório (VSR), que pertence ao gênero Pneumovirus. O VSR é um dos principais agentes de uma infecção aguda nas vias respiratórias, que pode afetar os brônquios e os pulmões. Na maior parte dos casos, ele é responsável pelo aparecimento de bronquiolite aguda e pneumonia.

Casos confirmados

Neste mês, o município confirmou os primeiros casos de H1N1 e H3N2. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, duas pacientes deram entrada nos últimos 20 dias no Hospital Armando Vidal e ficaram internadas por 10 dias. A secretaria informou ainda que elas foram medicadas conforme o protocolo do Ministério da Saúde, e já se encontram em casa, sem restrições de contato e apenas em repouso conforme recomendações médicas.


Mais do SFn