sexta-feira , 9 dezembro 2016
rtyuioipoóp

Falta de ambulância para socorrer vítimas de acidentes em Cordeiro poderia ter sido solucionado com o SAMU

324567899i090i
Fotos: SF Notícias

No último dia 07 o SF Notícias mostrou que devido à falta de uma ambulância, militares do Destacamento do Corpo de Bombeiros de Cordeiro tiveram que transporta duas vítimas de um acidente na caçamba de uma caminhonete da corporação.

Sem ambulância, vítimas de acidente são transportadas na caçamba de viatura em Cordeiro

Mesmo diante da falta de uma viatura para o transporte, os militares realizaram todos dos procedimentos adequados para que as vítimas pudessem ter um atendimento rápido e seguro. Cordeiro é um dos municípios onde se é cobrada a taxa de incêndio em nossa região.

Diante das circunstâncias, nossa redação entrou em contato com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro. Em resposta, a assessoria informou que o atendimento médico no município de Cordeiro é realizado por meio da ambulância da prefeitura (o município não dispõe do SAMU). Na ocasião da ocorrência citada, a ambulância estava em outro atendimento.

Ainda de acordo com a assessoria, o município paga taxa de incêndio devido o serviço de combate a incêndio e salvamento no quartel de Cordeiro. A contribuição é uma obrigação tributária, prevista no Código Tributário do Estado do Rio de Janeiro. samu cordeiro 4É exigida aos municípios abrangidos pelo sistema de prevenção e extinção de incêndios, tanto naqueles que possuem o serviço instituído pelo Estado, quanto nos municípios vizinhos, desde que as suas sedes estejam a até 35 km de distância das sedes dos municípios em que o serviço esteja instalado.

A assessoria informou ainda que o serviço Samu/SUS é uma atribuição municipal e, inclusive, a prefeitura de Cordeiro já foi intimada oficialmente a implantá-lo, mas ainda não o fez.Cordeiro recebeu uma ambulância para o instalar o SAMU, mas a viatura é usada pela secretaria de saúde. Nossa redação também em contato com a Prefeitura de Cordeiro, mas até o momento, não recebemos uma resposta.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *