segunda-feira , 20 janeiro 2020

Falta de iluminação ainda gera reclamações entre moradores de São Fidélis O secretário de serviços públicos foi convocado pelo vereador Higor Porto para comparece à Câmara e dar explicações, mas não compareceu

O secretário de serviços públicos foi convocado pelo vereador Higor Porto para comparece à Câmara e dar explicações, mas não compareceu

A falta de iluminação pública ainda gera reclamações entre muitos moradores dos bairros, distritos e localidades rurais de São Fidélis. Ao longo dos últimos quatro anos, as reclamações quanto à iluminação pública têm crescido na cidade, e têm se tornado um dos principais serviços públicos que é questionado pela população. Há duas semanas o SF Notícias mostrou postes apagados em vários pontos da cidade. Em alguns locais, as lâmpadas já foram trocadas pela prefeitura, mas em outros, ainda não. Em nota enviada ao SF Notícias, a Prefeitura de São Fidélis informou que a maioria dos bairros da cidade já foi atendida, assim como algumas localidades do interior. A nota diz ainda que a troca de lâmpadas continua na cidade, sendo que após cada temporal, são muitas as lâmpadas queimadas. (continua após a publicidade)

Diante de tantas reclamações, a Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade um requerimento feito pelo vereador Higor Porto convocando o secretário de serviços públicos, Alessandro Miquelan, para dar explicações sobre a falta de iluminação pública na cidade, mas ele não compareceu. O secretário deveria ter ido até a casa legislativa no dia 04, mas segundo o vereador, ele pediu para marcar uma nova data. A convocação foi remarcada para a última quarta-feira (11), mas ele também não apareceu e nem justificou a falta. Em sua fala na Câmara, o vereador citou o Artigo 97 da Lei Orgânica do município. “’Compete ao chefe de gabinete, secretários ou diretores comparecer à Câmara Municipal, sempre que convocados pela mesma, para prestação de esclarecimento de sua competência’. E no seu parágrafo único diz que ‘a infringência do inciso IV deste artigo, sem justificação, importa em crime de responsabilidade’. Então presidente, vou estar acionando a procuradoria desta Casa para enquadrar o secretário no crime de responsabilidade. É uma falta de respeito! Foi marcada uma data, ele que pediu para remarcar. Nós informamos a nova data que seria hoje dia 11. Cadê o secretário aqui? Ele tem que explicar pro povo o que está acontecendo com a iluminação pública. Tem que explicar pro povo porque o caminhão ficou mais de 30 dias sem realizar o serviço”. (continua após a publicidade)

Ainda sobre a troca de lâmpadas, a Prefeitura de São Fidélis disse que a Secretaria de Serviços públicos atende de acordo com as informações dos moradores, e é feita uma escala por bairro. A nota diz ainda que “o serviço continuará em ritmo intenso, procurando solucionar este problema em todo o município”. Nossa redação questionou a Prefeitura sobre a ausência do secretário na câmara. Em nota, a Secretaria de Comunicação informou que “ocorreu somente por uma situação de emergência. No mesmo momento em que começaria a reunião da câmara, e o secretário estava pronto para ir, houve uma solicitação do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil para o auxílio da Secretaria de Serviços Públicos em Colônia, onde uma casa ameaçava desabar e a família corria risco, e em três pontos na RJ-192. O Secretário se dirigiu com a equipe e só retornou a São Fidélis às três horas da manhã”.

Mais do SFn