quinta-feira , 12 dezembro 2019

Família pede doação de sangue para moradora de São Fidélis que precisa de cirurgia Devido ao baixo comparecimento de doadores, o Hemocentro Regional de Campos enfrenta dificuldades para atender a demanda médica

Devido ao baixo comparecimento de doadores, o Hemocentro Regional de Campos enfrenta dificuldades para atender a demanda médica

Fotos: Divulgação

Devido ao baixo estoque de sangue e baixo comparecimento de doadores, o Hemocentro Regional de Campos dos Goytacazes, está enfrentando dificuldades para atender a demanda médica das 25 instituições hospitalares para as quais fornece bolsas em nossa região. Um dos pacientes que espera por doações para realizar uma cirurgia de retirada de mioma, é a Telma Valéria da Silva Cunha, moradora de São Fidélis. Devido a uma anemia, ela só poderá passar pelo procedimento cirúrgico se receber sangue. Os filhos de Telma pedem a colaboração da população na doação de sangue do tipo O+, que deve ser feita no Hemocentro de Campos, em nome da fidelense.

Para doar as pessoas devem comparecer ao Hemocentro, localizado no térreo do Hospital Ferreira Machado, em Campos, entre 7h e 18h, qualquer dia da semana, inclusive sábados e domingos. Os candidatos devem apresentar documento de identidade oficial e original, ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos devem comparecer acompanhados do pai ou mãe, ambos com documento de identidade), pesar mais de 50 kg, estar com boa saúde e não ter ingerido alimentos gordurosos nas 3 horas anteriores à doação.

Mais do SFn