sexta-feira , 20 setembro 2019

Fazer as refeições em frente à TV é o pior hábito alimentar

Muitas pessoas imaginam que nutricionistas sejam tabelas nutricionais ambulantes. Na verdade, não sabemos quantas calorias têm cada alimento, mas sabemos do que é composto cada alimento. Sendo assim, fica fácil imaginar se ele é um alimento muito calórico ou não. Eu adoro ler naquelas revistas de dieta a coluna em que se compara o valor energético de um alimento muito calórico com outros alimentos menos densos, sugerindo trocas inteligentes para uma dieta de redução de peso.

comer-gordura

Na nossa cultura existe um ditado que diz: “quanto mais gordura, mais gostoso o alimento é.” Sim, a função da gordura é dar palatabilidade aos alimentos. Mas hoje em dia as técnicas dietéticas evoluíram tanto, que isso não precisa ser necessariamente uma verdade. Antigamente sem microondas e sem esses fabulosos grills elétricos, nossa vida era muito mais difícil.

Os maus hábitos alimentares não estão somente relacionados à adição de gordura. E a história de colocar açúcar na salada de frutas? Por acaso colocamos açúcar nas frutas? A salada de frutas nada mais é do que um monte de fruta junta, não necessita de açúcar. Conheço crianças que nunca provaram morangos sem açúcar. Ou mesmo nunca provaram leite sem açúcar. O leite é, pela sua composição, naturalmente doce. Para aqueles que já foram acostumados pelas mães desde a infância com o sabor modificado do leite, que tal acrescentar canela no lugar do açúcar? Queremos mimar nossos filhos e muitas vezes nem percebemos o estrago que fazemos.

Vi uma matéria há pouco tempo atrás que as mães de uma escola armaram uma briga enorme, pois não serviam suco na hora do almoço. Esse é outro mau hábito cultural. Quem disse que temos que tomar suco? Na verdade, ninguém necessita tomar suco, mas sim, comer frutas.

Além de todas as vitaminas presentes no suco, a fruta natural tem fibras e todos os seus benefícios agregados. Para produzir um suco de laranja precisamos de até três frutas – dependendo do caso, isso pode significar o total das necessidades diárias desse grupo alimentar.

Mas acho que o pior dos hábitos alimentares é comer em frente à TV. como_comerParece um ato inconsequente, mas quem consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo? Mas se for para fazer, tem de ser bem-feitas. Neste caso, quem sempre sai perdendo é a dieta: ao nos concentrarmos na TV perdemos a noção do quanto estamos comendo, e acabamos ingerindo muito mais do que deveríamos.

Ou seja, muitas vezes não conseguimos entrar com força total numa dieta, mas podemos modificar pequenos hábitos de nossa rotina para reduzir os danos de uma dieta extremamente calórica. Faça as contas – pode valer à pena!


Mais do SFn