sexta-feira , 14 dezembro 2018

Fidelense que sonha em voltar a andar faz campanha para comprar prótese Devido a um problema de má circulação, Edson precisou amputar parte da perna esquerda no ano passado

Devido a um problema de má circulação, Edson precisou amputar parte da perna esquerda no ano passado

Fotos: Arquivo Pessoal

Muitas vezes para percorrer a distância entre o sonho e a realidade precisamos apenas de ajuda e ajudar nunca sai de moda. Hoje o SF Notícias conta a história do Edson Cardozo, de 53 anos. Morador da Ipuca, em São Fidélis, ele precisou amputar a perna esquerda no final do ano passado e agora seu maior sonho é voltar a andar.

“Tudo começou na cidade do Rio de Janeiro, fui a trabalho e por lá fiquei de 1999 a 2000. Caipira, acostumado com a tranquilidade de nossa linda e calma São Fidélis decidi retornar pra cá e montei um salão de cabeleireiro, que por um certo tempo, fui bem, estava dando tudo certo, até que um dia descobri que não poderia mais trabalhar como cabeleireiro, pois estava com cataratas” – afirma Edson em um post feito em um rede social.

O fidelense passou por uma cirurgia no olho direito e recuperou 80% da visão, mas no olho esquerdo, apesar de diversos exames e devido à toxoplasmose, ele perdeu totalmente a visão. Sem condições de trabalhar em seu salão, Edson conseguiu um trabalho como Agente de Endemias na Prefeitura de São Fidélis, mas com o surgimento de uma nova doença ele precisou se aposentar.

“Esta causava má circulação em minhas pernas, fiz revascularização, fiz cirurgias, mas não teve jeito. Em novembro de 2017, a má circulação voltou a me atacar, e tive que amputar a perna esquerda, acima do joelho, e só pela bênção de Deus, hoje, estou aqui para contar minha história” – relata. Edson contou ainda que durante a cirurgia perdeu muito sangue e quase morreu, precisando tomar sangue às pressas.

Edson também conta que a culpa do problema de má circulação é do cigarro e faz um alerta: “O cigarro causou este estrago em mim. Por favor, nunca coloque um cigarro na boca, é um vício difícil de deixar e causa um estrago enorme no organismo de quem faz uso dele. Hoje eu estou ciente que o cigarro acabou com minha saúde e me deixou com sequelas irreversíveis”.

Para realizar o sonho de voltar a andar, Edson precisa de uma prótese do membro inferior, que custa cerca de R$ 9 mil, mas não tem condições para compra-la, pois paga aluguel, tem despesas com remédios, alimentação, entre outras. “Meus familiares e alguns amigos ajudam dentro da possibilidade deles. Um grupo de amigos que trabalharam comigo no Rio de Janeiro, se reuniram e doaram pra minha campanha a quantia de R$ 3 mil, mas ainda falta o valor de R$ 6 mil para que eu possa adquirir a prótese”.

Os interessados em ajudar podem doar qualquer quantia pela conta de Edson ou através do site Vakinha.com clicando AQUI. “Quero pedir, encarecidamente, a colaboração de meus amigos nas redes sociais, tanto pra me ajudar com a contribuição de qualquer valor na conta informada abaixo e também para ajudar na divulgação desta campanha”.

Banco: CAIXA
Agência: 0192
Operação: 013
Conta Poupança: 00003262-7
Titular: EDSON DA SILVA CARDOZO


Mais do SFn