segunda-feira , 17 fevereiro 2020

Filho busca novos lares para cães resgatados pelo pai, que faleceu, em Cordeiro Sérgio Luiz chegou a cuidar de quase 100 animais, e dependia de doações. Família não tem condições para manter o aluguel do abrigo e cuidado com os cães após o falecimento do idoso

Sérgio Luiz chegou a cuidar de quase 100 animais, e dependia de doações. Família não tem condições para manter o aluguel do abrigo e cuidado com os cães após o falecimento do idoso

Fotos: arquivo pessoal

Há cerca de 10 anos o senhor Sérgio Luiz Daflon, que faleceu no ano passado, iniciou um projeto de resgate de animais de ruas no município de Cordeiro, na Região Serrana do Rio. O “Cantinho da Ritinha” já chegou a ter quase 100 animais. De acordo com Diego Machado Monnerat, filho do idoso, o pai não tinha uma aposentadoria e dependia de doações para cuidar dos animais. Entretanto, após o falecimento dele, a família não teve mais condições de cuidar dos cães. “Ele faleceu em março do ano passado e ficaram 42 animais. Eu estava morando no Nordeste e voltei para cá. Mas não podíamos deixar os bichinhos sozinhos presos no abrigo. O local é alugado, o aluguel é alto, já está um pouco precário porque a gente não tem condição financeira nem física de arrumar tudo” – conta Diego. (Continua após a publicidade)

Agora o filho de Sérgio busca novos lares para 15 cachorros – seis machos e nove fêmeas. Um deles tem uma dermatite mais severa, e Diego acredita que será mais difícil doá-lo, mas todos estão saudáveis, vacinados contra a raiva e vermifugados. Eles já realizaram feira de adoção e tentam ir para outros locais para doar os cães, como Friburgo. Os interessados em adotar um dos animais devem entrar em contato pelo número (22) 981680838.

Mais do SFn